|
| Foto:

O Capote e Outras Histórias

Nikolai Gógol. Tradução de Paulo Bezerra. Editora 34, 224 págs., R$ 37. Contos.

Volume reúne histórias mais conhecidas ("O Capote", "O Nariz" e "Diário de um Louco") e duas narrativas folclóricas do chamado ciclo ucraniano ("Viy" e "Noite de Natal"). Todas são marcadas pelo humor e pelo tom fantástico de Nikolai Vassílievitch Gógol (1809-1852), autor de Almas Mortas e O Inspetor Geral. Paulo Bezerra responde também pelo posfácio e pelas notas.

* * * *

Dez Dias Que Abalaram o Mundo

John Reed. Tradução de Bernardo Ajzenberg. Companhia das Letras, 494 págs., R$ 28. Jornalismo.

Parte do selo Penguin – Companhia Clássicos, a obra de John Reed (1887-1920) trata da Revolução Russa em 1917, no calor dos acontecimentos, e é considerada o ponto zero da grande reportagem no jornalismo moderno. Edição traz apêndice com notas e textos de panfletos, decretos, ordens e resoluções dos principais personagens e grupos ligados à revolução.

A Ponte – Vida e Ascensão de Barack Obama

David Remnick. Tradução de Celso Nogueira e Isa Mara Lando. Companhia das Letras, 752 págs., R$ 65. Biografia.

O editor da revista The New Yorker, que já havia biografado Muhammad Ali e perfilado várias personalidades, conta a trajetória do político norte-americano até o momento em que se torna presidente dos Estados Unidos. Com uma juventude atribulada, entre o Havaí e a Indonésia, Obama teve carreira política vertiginosa, um pai ausente e um currículo acadêmico invejável.

A Rainha dos Caraíbas

Emilio Salgari. Tradução de Maiza Rocha. Iluminuras, 312 págs., R$ 44. Romance.

Livro faz parte do ciclo Corsário Negro, publicado na coleção Livros da Tribo, e conta como o nobre Emilio de Roccabruna, que vira pirata depois da morte do irmão, enfrenta maus bocados na tentativa de vingar as mortes que se abateram sobre sua família (outros dois irmãos também foram assassinados). Seu inimigo é o Duque de Wan Guld.

Os Peregrinos do Sol – A Arte da Espada Samurai

Luiz Kobayashi. Estação Liberdade, 360 págs., R$ 47. História.

Autor procura retraçar a história da esgrima no Japão usando documentos – alguns muito raros – a que teve acesso quando viveu naquele país. O estudo contempla samurais famosos, o que é real e o que é mítico em suas histórias, bem como os estilos e as técnicas de combate. Fala ainda do percurso da prática de kendô no Brasil, desde os primeiros mestres até os dias atuais.

Cilada

Harlan Coben. Tradução de Marcelo Mendes. Sextante, 272 págs., R$ 29,90. Romance.

Suspense trata de um tema espinhoso, a pedofilia, ao mostrar como o apresentador de tevê Wendy Tynes cria iscas para expor pedófilos em rede nacional. É o que acontece com o assistente social Dan Mercer, que é preso, consegue provar sua inocência nos tribunais, mas acaba sendo assassinado. Coben é autor best seller de Não Conte a Ninguém.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]