Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Calero assumiu a pasta em maio. | Beto Barata/PR
Calero assumiu a pasta em maio.| Foto: Beto Barata/PR

O Ministro da Cultura, Marcelo Calero, pediu demissão nesta sexta-feira em Brasília. A assessoria do MinC divulgou que o desligamento teria ocorrido por conta de divergências com integrantes do governo.

Mariana Ribas, a secretária-executiva do ministério, chegou a ser apontada como ministra interina, mas, no início da noite desta sexta, o deputado Roberto Freire (PPS-SP) foi anunciado como novo titular da pasta. O Ministério chegou a ser extinto logo quando Michel Temer assumiu a presidência, em maio. Calero foi nomeado secretário nacional de Cultura e, quando a pasta foi recriada, continuou à frente, agora como ministro.

Calero teria entregado a carta de demissão para Temer na quinta-feira (17) . O presidente pediu que ele reconsiderasse a saída. Na sexta, porém, ele ligou para Temer e reiterou a decisão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]