Sinfonia Rotterdam | Ron Rutten/Divulgação
Sinfonia Rotterdam| Foto: Ron Rutten/Divulgação

A Sinfonia Rotterdam foi fundada em 2000 e mantém uma média de 30 concertos anuais – parte deles na Concertgebouw, uma das principais salas de concerto do mundo, onde o grupo mantém uma temporada fixa.

Alvaro Siviero conheceu a orquestra em uma das passagens do grupo pelo Brasil. O pianista fez uma turnê com os músicos pela Holanda em 2014. Eles tocaram juntos o Concerto Nº 1 de Shostakovich.

Siviero toca com a Sinfonia Rotterdam

Para ajudar mulheres com câncer, pianista brasileiro apresenta Rossini, Mozart e Schumann ao lado de grupo holandês na terça-feira (23)

Leia a matéria completa

“A parceria artística foi inevitável”, conta o pianista. “Achava que eles tinham que vir para o Brasil e se apresentar nas grandes salas do país”, diz.

Além de Curitiba, a turnê beneficente passa pela Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro (dia 24), e pela Sala São Paulo, na capital paulista (27).

“Conrad van Alphen é um homem muito musical. E muitos dos músicos da orquestra também são membros da Orquestra Real do Concertgebouw”, diz Siviero.

“Sabemos de antemão que qualquer orquestra holandesa é boa, mas essa e a do Concertgebouw estão na ponta. É uma orquestra que promete ‘botar fogo’ no concerto”, diz.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]