Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Caderno G
  3. Solange Couto fala sobre sua recuperação após isquemia cerebral

Susto

Solange Couto fala sobre sua recuperação após isquemia cerebral

Atriz se prepara para retomar as gravações da novela "Três irmãs". Médico alerta: socorro à vítima deve ser imediato

  • G1/Globo.com com informações do Fantástico
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A atriz Solange Couto revela o tamanho do susto que passou ao sofrer uma isquemia cerebral, esta semana, em Goiás. "O lado direito ficou inteirinho parado. Eu não mexia o braço nem a perna. Formigava e pesava. Eu queria me movimentar e o braço não me obedecia", lembra a atriz, que recebeu alta no último sábado (6).

A dificuldade de fazer movimentos simples é um dos sinais da isquemia cerebral. Solange estava em uma cidade de Goiás quando passou mal. "Eu estava precisando ajuda e não conseguia dizer. Eu sabia que estava complicado, mas as pessoas não notavam, sei lá por quê. Quando cheguei na recepção, disse para meu filho que não estava bem. Ele perguntou o que eu tinha. Eu não apaguei, mas eu fui despencando. Meu filho me colocou no carro, sentada, e chamou a assessora, a Dila. Eles me levaram para um pronto-socorro", descreve a atriz.

Tudo isso aconteceu no último domingo (30). Dois dias depois, Solange foi transferida para um hospital de São Paulo. Foi a segunda vez que a atriz, a Janaína da novela "Três irmãs", teve isquemia cerebral. A primeira aconteceu em 2002, quando ela viveu a Dona Jura em "O clone".

"Fiquei 12 horas na UTI de um hospital em observação, monitorada. O médico disse para ter cuidado, porque eu podia ter um infarto fulminante ou ficar com problemas motores. Mas na época ele não me falou nesse problema. Agora eu soube que era a mesma coisa", diz a atriz.

"A isquemia cerebral é um dos tipos de AVC, que significa acidente vascular cerebral ou derrame. Um dos grupos do AVC é o hemorrágico. Esse AVC acontece quando a pessoa rompe uma artéria do cérebro e um coágulo de sangue se forma dentro do cérebro", explica o médico Gabriel de Freitas, da Academia Brasileira de Neurologia.

Já a isquemia cerebral ocorre quando uma placa se desprende da artéria carótida ou um coágulo sai do coração. A placa ou o coágulo se desloca até o cérebro e entope uma artéria. As células irrigadas por essa artéria deixam de receber oxigênio e glicose e morrem.

"Trata-se de uma doença altamente incapacitante. Um percentual alto das pessoas que têm isquemia não morre, mas também não volta a fazer o que fazia antes. É muito comum a pessoa ficar com um lado do corpo fraco e não conseguir mexer ou conseguir mexer pouco", diz o médico.

Os sintomas mais comuns são: perda de força ou dormência em um membro ou na metade do corpo, dificuldade ou impossibilidade de falar, perda de parte da visão, visão dupla e dor de cabeça muito forte.

Os sintomas de uma isquemia aparecem de repente, e o socorro tem que ser imediato, como aconteceu com Solange Couto. "Fez muita diferença. Se eu não tivesse sido socorrida no tempo em que fui, talvez não estivesse falando", diz a atriz.

"Uma medicação feita na veia pode desentupir essa artéria e fazer com que o sangue volte a circular normalmente. A pessoa pode ficar com menos seqüelas ou com nenhuma seqüela. Então, é importante que a pessoa que tem uma suspeita de isquemia procure imediatamente um hospital", orienta médico.

Recuperada, sem seqüelas, a atriz voltará a viver a Janaína da novela "Três irmãs" na próxima terça (9). "Quando a Janaína voltar, já vai chegar batendo naquele balcão, dizendo: 'Voltei, hein?'", brinca Solange.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE