Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

cinema

Férias: 14 filmes para pais e filhos curtirem juntos na Netflix

Confira uma relação de títulos para divertir tanto crianças quanto adultos

  • Anderson Gonçalves e Angela Corrêa Especial para a Gazeta do Povo
“O Fantástico Sr. Raposo”, animação de Wes Anderson | Divulgação
“O Fantástico Sr. Raposo”, animação de Wes Anderson Divulgação
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Julho está começando e, com ele, mais um período de férias escolares. Uma boa oportunidade para se divertir com os filhos, mesmo sem precisar sair de casa. A Netflix tem um vasto catálogo de filmes que podem ser apreciados em família, divertindo tanto os pequenos quanto os adultos. Confira a seguir 14 opções para dar risadas, se emocionar ou ficar com aquele frio na barriga.

“ABC do Amor”

Por que os filhos vão gostar: O filme de Mark Levin apresenta como poucos o frescor do primeiro amor, mas sem adaptar a fórmula já existente ao universo infantil. O protagonista Josh Hutcherson (o Peeta de “Jogos Vorazes”) não é um pequeno galã, é apenas um garoto que, entre a escola, aulas de caratê e passeios de patinete por Manhattan, descobre estar apaixonado pela amiga Rosemary (Charlie Ray).

Por que os pais também vão gostar: Além da óbvia memória dos primeiros amores, os adultos vão ficar satisfeitos em apresentar histórias menos fantasiosas sobre relacionamentos aos filhos, sem nada de pieguice.

“As Aventuras de Tintim – O Segredo do Licorne”

Por que os filhos vão gostar: As histórias do ilustrador belga Hergé sobre o repórter Tintim e seu cãozinho Milu são pródigas em aventuras fantásticas que estimulam a imaginação. Mesmo tendo nascido em 1929 (quando a primeira história foi publicada), não soa datada.

Por que os pais também vão gostar: Sob comando de Steven Spielberg, a animação ganha novos traços via computação gráfica. Jamie Bell, o Tintim, e Andy Serkis, o capitão Haddock, tiveram os movimentos captados e transformados para a tela. Serkis já é um habitué da técnica: teve os movimentos captados em “O Senhor dos Anéis” (Gollum) e “Star Wars – O Despertar da Força” (Snoke). A “grife” funciona e Spielberg, que é um dos poucos americanos fãs de Hergé, faz um filme encantador.

“Coraline e o Mundo Secreto”

Por que os filhos vão gostar: Baseado em uma história de Neil Gaiman, o filme de Henry Selick fala abertamente sobre problemas das crianças contemporâneas, que podem ficar muito entediadas em meio a tantas atividades – e à rotina frenética dos pais. O visual, em stop motion, também é de encher os olhos.

Por que os pais também vão gostar: A linguagem, tanto de Gaiman (“Sandman”) quanto de Selick (de “O Estranho Mundo de Jack”), costuma agradar em cheio aos adultos.

“O Estranho Mundo de Jack”

Por que os filhos vão gostar: O filme foi considerado sombrio demais para as crianças pela direção da Disney na época de lançamento. Contrariando as previsões, os pequenos adoraram a história do personagem que foge do mundo de Halloween, se encanta com as festividades coloridas do Natal e decide recriar a comemoração em seu próprio reino. Graças às intenções pueris que esconde sob a aparência assustadora, é adorado até hoje. Apesar da embalagem gótica, o filme é um conto moral.

Por que os pais também vão gostar: A estética de Tim Burton – que entregou seu roteiro a Selick por compromissos com as filmagens de “Batman”– é reconhecível para quem cresceu nos anos 1990. Humor negro, mas sem vilania.

“Por Mis Bigotes”

Por que os filhos vão gostar: Uma pequena incursão no mundo adulto é representada pelo bigodão que Ulisses, de apenas nove anos, vê crescer de um dia para o outro. O estranhamento é substituído por uma divertida jornada de autodescoberta.

Por que os pais também vão gostar: O filme, espanhol, fala sobre tolerância em um formato bem diferente do que já apresentado no cinemão hollywoodiano.

“Stardust – O Mistério da Estrela”

Por que os filhos vão gostar: Mocinhas, jovens aventureiros, bruxas horrorosas, navios voadores e histórias de amor insólitas são os ingredientes dessa fábula baseada em livro de Neil Gaiman, contada de maneira irretocável por Matthew Vaughn.

Por que os pais também vão gostar: Em um elenco maravilhoso que conta com os protagonistas Claire Danes (“Homeland”) e Charlie Cox (“Demolidor”), Robert DeNiro surpreende no papel de um pirata de gostos peculiares – e que não perde o respeito de seus comandados por causa disso.

“Wallace e Gromit – A Batalha dos Vegetais”

Por que os filhos vão gostar: O filme de Nick Park mistura gêneros que vão de humor, suspense e aventura para apresentar o atrapalhado cientista Wallace e seu cão, Gromit, em um longa-metragem após quatro curtas de sucesso.

Por que os pais também vão gostar: Nick Park é o criador de “A Fuga das Galinhas”. Apenas com os curtas de Wallace e Gromit, ganhou dois Oscar.

E.T. – O Extraterrestre

Por que os filhos vão gostar: que criança não simpatizaria com o extraterrestre criado por Steven Spielberg e suas aventuras na Terra? A expressão curiosa, as tentativas desajeitadas de se comunicar com os humanos e o carinho pelas crianças que o adotaram jamais perdem o encanto.

Por que os pais vão gostar: porque se trata de um clássico do cinema de entretenimento, que marcou uma geração, tanto divertindo quanto emocionando.

Walt antes do Mickey

Por que os filhos vão gostar: o camundongo Mickey Mouse é figura presente no imaginário de qualquer geração. Vale a pena conhecer a história de Walt Disney, o homem que criou não apenas esse, mas um mundo de personagens que há décadas povoam a infância das pessoas.

Por que os pais vão gostar: pelo mesmo motivo dos filhos. Muitos ainda desconhecem tudo que o gênio Walt passou até consolidar seu império de fantasia.

O Fantástico Sr. Raposo

Por que os filhos vão gostar: trata-se de uma animação extremamente divertida e bem-feita, protagonizada por um “raposo” que promete deixar a vida de roubos, mas não consegue.

Por que os pais vão gostar: O diretor Wes Anderson é responsável por comédias brilhantes como “Os Excêntricos Tenembauns” e “O Grande Hotel Budapeste”. Seu humor inteligente e peculiar também se faz presente aqui.

Ponyo – Uma Amizade que Veio do Mar

Por que os filhos vão gostar: em meio a animações 3D com narrativas frenéticas, vale a pena mostrar aos pequenos o trabalho do japonês Hayao Miyazaki, cheio de poesia e feito de forma quase artesanal.

Por que os pais vão gostar: Miyazaki é um artista único: suas narrativas são, por vezes simples, mas revelam muitos significados. Sem contar a estética de encher os olhos, ao estilo oriental e repleta de cores.

Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas

Por que os filhos vão gostar: as histórias contadas por Ed Bloom, cheias de aventuras e personagens curiosos, são um prato cheio para movimentar a imaginação.

Por que os pais vão gostar: mais do que uma história de fantasia, trata-se de uma belíssima história de pai e filho. E dirigida por Tim Burton, o que já é um bom motivo para ver qualquer filme.

A Invenção de Hugo Cabret

Por que os filhos vão gostar: tem aventura, mistério e humor na história do órfão que vive em uma estação de trem e busca desvendar o segredo em torno de um robô deixado pelo pai.

Por que os pais vão gostar: É Martin Scorsese exibindo seu lado lúdico e fantasioso, sem gangsters, sangue espirrando ou personagens atormentados.

Super 8

Por que os filhos vão gostar: impossível não se empolgar com o grupo de amigos adolescentes que começa fazendo um filme, registra um acidente e se mete em uma aventura sobrenatural. Diversão pura.

Por que os pais vão gostar: para quem viveu na década de 1980 o filme tem um clima irresistível de nostalgia, mesclando elementos de clássicos da época como “Goonies” e “Conta Comigo”.

o que você achou?

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Caderno G

PUBLICIDADE