Matt Dillon estrela a série ao lado de um time bom de atores que inclui Juliette Lewis e Terrence Howard. | Divulgação
Matt Dillon estrela a série ao lado de um time bom de atores que inclui Juliette Lewis e Terrence Howard.| Foto: Divulgação

M.Night Shyamalan é um homem de extremos. O indiano conquistou o mundo com o sucesso estrondoso de O Sexto Sentido, de 1999. A assustadora história do garotinho que via gente morta faturou US$ 672 milhões, foi indicada a dois Oscars, e o diretor ganhou fama e prestígio. Seu filme mais recente, porém, foi em 2013, e mesmo com Will Smith e seu filho Jaden estampando os cartazes, Depois da Terra foi um desastre, espinafrado por crítica e público.

Depois de se tornar piada em Hollywood por enfileirar fracassos, Shyamalan tenta recuperar o respeito de outrora diversificando o campo de atuação. Agora, ele investe na série de tevê Wayward Pines, que estreia mundialmente dia 14 na Fox, às 22h30, e no filme A Visita, previsto para ser lançado no Brasil em outubro. Os primeiros episódios de um e o trailer do outro reacenderam a esperança da crítica especializada e dos fãs do diretor.

A série

Wayward Pines não se encerra num só gênero. Misto de thriller, suspense e drama, com um quê policial, tem sido comparada a Twin Peaks, clássico de David Lynch e Mark Frost.

Estrelada por Matt Dillon, Juliette Lewis, Terrence Howard e Melissa Leo, Wayward Pines foi capitaneada pelo até então cineasta ao lado de Chad Hodge. Trabalhando por encomenda, Shyamalan escalou o elenco, montou a equipe e dirigiu o piloto, deixando diretrizes para os episódios restantes – inclusive quando o grande mistério da trama deveria ser revelado. A Visita, por sua vez, é um filme autoral, rodado no quintal do diretor, na Filadélfia, com orçamento de apenas US$ 5 milhões, bancados por Shyamalan.

“Quero contar histórias baseadas em personagens e, definitivamente, acho que a tevê tem mais espaço para isso. Já no cinema, sinto que preciso fazer filmes menores. A verdade é que quero apenas continuar tendo meu lugar na sala, não importa se é nas cadeiras do fundo ou ali no canto. Contanto que eu esteja lá, por mim, tudo bem”, diz Shyamalan durante sua passagem pelo RioContentMarket em fevereiro, consciente de sua posição difícil nos últimos tempos.

Wayward Pines é a primeira incursão de Shyamalan na tevê e também a primeira vez em que ele não escreve o próprio material.

Baseada no livro de Blake Crouch, a trama foi roteirizada por Hodge e segue um agente do serviço secreto (Dillon), que se vê preso na cidade-título após sofrer um acidente enquanto buscava dois colegas desaparecidos. No vilarejo, ele se depara com situações realmente estranhas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]