i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
televisão

Série “Vinyl”, de Scorsese e Jagger, mergulha no universo de sexo, drogas e rock n’roll

  • PorAnderson Gonçalves
  • 15/02/2016 13:44
“Vinyl” mostra a saga de Richie Finestra, produtor musical que vive uma espécie de epifania | Divulgação/
“Vinyl” mostra a saga de Richie Finestra, produtor musical que vive uma espécie de epifania| Foto: Divulgação/

Além de ser um dos maiores cineastas de todos os tempos (talvez o principal em atividade), Martin Scorsese é também um apaixonado pelo rock. Basta observar a trilha sonora de seus filmes, nos quais canções de Rolling Stones, Cream, Pink Floyd, entre outros, se tornaram parte indissociável de suas narrativas intensas. Além disso, o diretor já retratou em documentários os próprios Rolling Stones, Bob Dylan, o beatle George Harrison e a clássica The Band.

Finalmente, Scorsese resolveu unir seu talento para a ficção ao universo roqueiro dos loucos anos 1970. Como parceiro para a empreitada, chamou um ícone do outro lado do balcão: Mick Jagger, o líder dos Stones que está prestes a desembarcar no Brasil para uma série de shows. O resultado pôde ser conferido na madrugada desta segunda-feira (15), quando a HBO exibiu o primeiro episódio de “Vinyl”, série de dez episódios que mergulha no mundo do sexo, drogas e (muito) rock n’roll.

Na TV

“Vinyl”

Nas noites de domingo para segunda-feira, à meia-noite, na HBO.

Scorsese e Jagger escreveram a história do produtor musical Richie Finestra (Bobby Cannavale), que está prestes a ver sua gravadora ser vendida. Deprimido e envolvido com outros problemas não menos preocupantes, começa a se afundar em álcool e drogas. Até que, em uma espécie de epifania, entra em uma boate e vê as coisas se transformarem.

Com duas horas de duração, o episódio piloto é o único dirigido por Scorsese. E isso fica evidente no apuro visual, no tratamento dos personagens, no ritmo frenético e, claro, na trilha sonora matadora. Richie Finestra, a exemplo de tantos personagens clássicos criados pelo diretor, é um homem atormentado que não consegue dar conta do próprio ego e de seus fantasmas. Ou seja, matéria-prima perfeita para uma trama que promete algumas reviravoltas até o desfecho.

“Vinyl” parece a história certa, na época certa e contada pelas pessoas certas. Desvenda os podres da indústria fonográfica em um momento crucial, quando começaram a nascer movimentos como o punk rock, a new wave e o hip hop. Se mantiver a pegada que mostrou no primeiro episódio, tem tudo para fazer história.

*

Assista ao trailer:

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.