Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Treinadora e seu Pokémon | /Divulgação
Treinadora e seu Pokémon| Foto: /Divulgação

Com milhões de downloads até agora, Pokémon Go já é um tremendo fenômeno, e, desde este último fim de semana no qual seus jogadores passaram sendo treinadores Pokémon na vida real, a empolgação em relação ao aplicativo só vem crescendo. É um jogo bem divertido, mas que não explica muita coisa aos iniciantes – ainda mais quando a empolgação para começar a jogar é tanta que você passa batido pelo tutorial de abertura.

Então, talvez você já tenha baixado, jogado e ficado completamente perdido. Se estiver completamente mistificado sobre como o jogo funciona na prática, então aqui seguem alguns pontos básicos para você poder ir lá fora e logo começar a pegar seus Pokémons (por enquanto o jogo está disponível apenas nos Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia, mas a Nintendo já prometeu que ele estará em breve no Canadá, Europa e América do Sul. Por isso, já guarde este guia para quando ele chegar ao Brasil).

Começando

Tela do jogo para celulares Android Divulgação

Depois de baixar o aplicativo, você precisa fazer o login, o que pode ser feito usando o seu perfil já existente no Google. Ou, se você não gostar muito da ideia de misturar sua identidade de treinador Pokémon com a identidade no Google, também dá para fazer o login criando uma conta no Pokémon Trainer Club, que é um perfil específico para o Pokémon Go. De lá, você monta o seu personagem e escolhe seu primeiro Pokémon. E então já está pronto para sair por aí.

E você vai ter que dar umas boas saídas, porque o principal objetivo do jogo é fazer o usuário andar pelo mundo real em busca dos monstrinhos. Isso não só nos encoraja a explorar as cidades em que vivemos, mas também – veja só! – a sair e encontrar outras pessoas. A bem da verdade, esse é um jogo que não dá para jogar parado. Às vezes, os Pokémons vêm até você, mas o mais comum vai ser você ter que sair de casa e ir atrás deles.

Conforme você vai andando por aí e pegando mais Pokémons, o seu personagem vai subindo de nível. Níveis mais altos permitem que você pegue Pokémons mais fortes e também ganhe itens que ajudam a avançar no jogo.

Pegando Pokémons

Depois que o seu personagem estiver pronto, o jogo irá lhe mostrar onde você se encontra no mapa da sua área. Mas é possível que você repare que o mapa está um pouco diferente do esperado – salpicado de pontos especiais chamados de Pokéstops, que são importantes para o jogo. Mais sobre isso na sequência.

Conforme você anda por aí, os Pokémons irão aparecendo na sua tela. Certos Pokémons têm uma chance maior de aparecer em certos lugares – Pokémons aquáticos, por exemplo, costumam surgir próximos a rios e lagos. Você vai ouvir um toque ou sentir vibrar uma notificação no seu celular quando isso acontecer. Quando aparecer um Pokémon na tela, você deve tocar nele, o que faz aparecer a janela de captura. Uma Pokébola aparece na parte inferior da tela – e então você usa o dedo para jogar a bola no Pokémon na sua frente para capturá-lo.

Não joguem Pokémon Go dirigindo. Nem pensar. O jogo foi projetado tendo em mente um ritmo de caminhada, o que significa que, se for jogar dirigindo, você ou vai passar pelas coisas indo rápido demais para poder aproveitar.

Você pode reparar que aparecem círculos de cores diferentes que encolhem ao redor do Pokémon – você ganha um bônus de bom arremesso se conseguir fazer a bola passar pelo círculo sem que ela encoste no chão.

Os jogadores podem ver quais Pokémons estão mais próximos olhando no canto inferior direito, onde há um quadradinho branco com uma imagem dos Pokémons. Esse quadradinho diz quais Pokémons há por perto, bem como sua distância aproximada.

Cada Pokémon deve ter de 0 a 3 marcas de pegadas debaixo da sua imagem. Ao se aproximar de um Pokémon, esse número diminui. Quando as pegadas sumirem embaixo dele, é hora de ficar com o dedo pronto, porque ele deve estar bem do seu lado!

Cada vez que você pega um Pokémon, você também ganha duas outras coisas – uma coisa chamada “stardust” e um doce (“candy”) que é específico para aquele Pokémon em particular. Você pode usar esses itens para fortalecer o seu Pokémon, para melhorar suas capacidades de batalha e melhorar suas chances de pegar Pokémons selvagens mais fortes.

Também dá para usar os doces para permitir que seu Pokémon evolua para formas mais maduras (e mais poderosas) – algo tipo o desenvolvimento de criança para adolescente e depois adulto. O número de doces necessários para isso varia de Pokémon para Pokémon. Também dá para selecionar quais Pokémons você não quer que recebam doces ao clicar em “Transfer”.

Pokéstops

E se acabarem as Pokébolas? É para isso que servem os Pokéstops, que são lugares espalhados pela cidade que dão itens aos jogadores quando se interage com eles. Ao passar por um Pokéstop, ele muda de forma. Tocando nele, abre-se a janela do local. Ao correr o dedo no círculo no centro dele, você pode receber itens como poções, para curar seus Pokémons, mais Pokébolas ou ovos dos quais nascem mais monstros.

Se você receber um ovo num Pokéstop, você tem a possibilidade de incubá-lo, assim o Pokémon que nascer será seu. Para isso, você vai precisar de uma incubadora. Todos ganham uma incubadora de graça quando começam a jogar. Você precisa colocar um ovo dentro dela e então andar uma certa distância – de 2,5 a 10 km – com o aplicativo aberto para fazer o Pokémon nascer.

Ginásios

De vez em quando você vai ver uns ícones maiores no mapa. São os ginásios, que podem ser acessados depois que o jogador chegar ao nível 5. Ao receber acesso aos ginásios, você terá que escolher uma das equipes – Team Valor (cor vermelha), Team Mystic (azul) ou Team Instinct (amarela). As equipes têm personalidades diferentes e são representadas por cores diferentes, mas em todo o resto são iguais (fora a Team Mystic, que é a melhor, óbvio).

Não esqueça de estar com o celular completamente carregado antes de botar o pé para fora de casa, porque o rastreamento por GPS e uso de câmera comem a bateria do celular rapidinho

As equipes lutam para controlar os vários ginásios de cada área, o que dá às equipes o direito de se achar superior às outras (e quem não gosta disso, né?). Se você enfrentar um ginásio adversário e vencer, você assume o controle dele e precisará deixar um Pokémon lá para protegê-lo e enfrentar outros aspirantes que virão desafiá-lo. Ao treinar num ginásio da sua equipe, você aumenta o nível dele e o fortalece contra competidores futuros.

Nas batalhas é preciso ser rápido. Os jogadores tocam a tela para atacar, e os ataques são em tempo real (diferente dos jogos tradicionais da franquia, que funcionam com base em turnos). Ao atacar, você ainda pode acumular forças para um ataque especial, que causa mais dano. Mas, enquanto ataca, você também precisa correr o dedo na tela para fazer o Pokémon se esquivar dos ataques do adversário.

As batalhas em ginásios são um ótimo jeito de ganhar experiência e Pokécoins, que permitem comprar itens para avançar no jogo.

Usando itens

Há alguns tipos de itens importantes no jogo que é bom saber para que servem. Para usá-los, basta tocar na Pokébola na tela do mapa e selecionar o menu de itens.

Poções e outros itens de cura servem para recuperar seus Pokémons depois que eles passarem por uma batalha difícil. É bom tê-los sempre em mão se você for visitar os ginásios com frequência. Um item chamado “Lucky Egg”, que pode ser ganho ou comprado, dobra a quantidade de experiência que você ganha a cada ação, o que permite que você fique mais forte bem mais rapidamente.

Vá caçar Pokémons com um amigo ou mais de um amigo, se puder. É mais legal assim, já que um pode avisar o outro quando novos Pokémons aparecem, além de servir de proteção contra acidentes – “Ei, cuidado com o buraco na calçada!” – e contra pessoas na rua com más intenções em relação aos jogadores.

Outros itens ajudam a atrair Pokémons para você capturá-los. Usar um incenso atrai Pokémons para um usuário em particular, enquanto é possível colocar iscas nos locais para atrair mais Pokémons que podem ser capturados por qualquer um na região. Dá para saber quais Pokéstops têm iscas neles porque aparece um ícone de pétalas girando. E é por isso que vai acontecer de você ver hordas de jogadores correndo para se aglomerar em certos pontos aparentemente aleatórios.

Todos esses itens têm um limite de tempo de 30 minutos.

Um outro item que pode ser usado em batalha são umas frutinhas chamadas de “berries”. As “berries” acalmam um Pokémon na hora de jogar uma Pokébola e ajudam a evitar que ele fuja. Para acessar os seus itens durante uma captura, basta tocar no ícone da mochila no canto inferior direito da tela.

Outras dicas

Parece meio estranho pensar que você precisa de toda uma preparação antes de começar a jogar um videogame, mas é importante saber que Pokémon Go é no fundo um aplicativo de exercícios. Por isso considere a ideia de levar sempre uma garrafa d’água e protetor solar. Talvez também um boné.

Não esqueça de estar com o celular completamente carregado antes de botar o pé para fora de casa, porque o rastreamento por GPS e uso de câmera comem a bateria do celular rapidinho.

Além do mais – e isso é algo que não dá para não repetir – não joguem Pokémon Go dirigindo. Nem pensar. O jogo foi projetado tendo em mente um ritmo de caminhada, o que significa que, se for jogar dirigindo, você ou vai passar pelas coisas indo rápido demais para poder aproveitar, ou vai ter que dirigir perigosamente devagar, correndo o risco de parar em lugares inconvenientes. Você pode ir de carro até algum bairro diferente, parar num estacionamento e aí andar pela região atrás dos Pokémons que você quer, mas não seja babaca. No geral, sempre preste atenção aonde você está indo e trate quem está por perto com respeito.

Estamos diante de um evento imenso no mundo dos jogos e que é também uma ótima oportunidade para gerar interesse por uma comunidade legal. Não seja aquela pessoa que estraga tudo, que assim todos poderão se divertir juntos.

Para encerrar, sugiro que você vá caçar Pokémons com um amigo ou mais de um amigo, se puder. É mais legal assim, já que um pode avisar o outro quando novos Pokémons aparecem, além de servir de proteção contra acidentes – “Ei, cuidado com o buraco na calçada!” – e contra pessoas na rua com más intenções em relação aos jogadores.

Pokémon Go é divertidíssimo se você estiver disposto a entrar na onda. Usem essas dicas para jogar bem, tomem cuidado e boa sorte em se tornar um mestre Pokémon.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]