i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Erudita

Violoncelista Yo-Yo Ma vem ao Brasil em 2010

  • 26/11/2009 12:23

Depois de recitais memoráveis em 2007 na Sala São Paulo, o violoncelista Yo-Yo Ma e a pianista Kathryn Stott voltarão ao Brasil no ano que vem para duas apresentações dentro da temporada da Sociedade de Cultura Artística. Ao todo, serão dez atrações, que incluem ainda nomes como o violinista Itzhak Perlman, as filarmônicas de Dresden e da Radio France e a soprano italiana Anna Caterina Antonacci.

O ano começa em abril, com dois recitais de um duo formado pelo violinista russo Vadim Repin e o pianista israelense Itamar Golan. O programa é interessante: sonatas de Beethoven são colocadas lado a lado com peças de autores do século 20 como Debussy, Janácek, Stravinski, Strauss e Arvo Pärt.

Em maio, a primeira atração é a Filarmônica de Dresden, que vem a São Paulo sob regência do experiente maestro Rafael Frübeck de Burgos. O programa é comportado - as duas primeiras sinfonias de Brahms, o Don Quixote, de Strauss, e o Concerto para Violoncelo, de Schumann, com solos de Johannes Moser. Ainda em maio, o pianista Nelson Goerner faz recitais com obras de Chopin, uma de suas especialidades - nascido na Argentina, foi um dos prodígios a tomar de assalto a cena musical internacional nos anos 1980. E encerrando a programação do mês, toca a Orquestra de Câmara de Basel, com outro violoncelista, Sol Gabetta; no programa, Bartok Hoffmann e Haydn.

Yo-Yo Ma e Stott se apresentam no início de junho, mas o repertório dos dois recitais ainda não foi anunciado - foi assim também em 2007, quando eles acabaram interpretando obras de Schubert, Shostakovich, César Franck e Egberto Gismonti. Em julho, haverá dois recitais da soprano italiana Anna Caterina Antonacci. Em agosto, faz sua primeira visita ao País a Hong Kong Sinfonietta, com regência de Yip Wing-Sie e obras de Prokofiev, Shostakovich e do chinês Cheuk-yin. Em setembro será a vez do contratenor Daniel Taylor, grande especialista na música barroca.

A Filarmônica da Rádio France toca em outubro, com regência do sul-coreano Myung-Whun Chung e solos do pianista Sergio Tiempo, protegido de Martha Argerich, no Concerto nº 1 para Piano e Orquestra de Chopin - a orquestra toca também a Sinfonia nº 5, de Beethoven. O encerramento da temporada se dá com Ithzak Perlman, que ainda não definiu o repertório de seus recitais - da última vez que esteve por aqui, em 2005, anunciou as peças durante a própria apresentação na Sala São Paulo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.