Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Pensando em comprar uma casa? Entenda a flexibilidade e as alternativas do consórcio de imóveis, como lances e uso do FGTS
| Foto: ShutterStock
  • Por Ademilar
  • 29/06/2020 12:26

É comum que as pessoas associem o consórcio ao fator sorte. Principalmente porque uma das formas de contemplação é o sorteio mensal. No entanto, essa modalidade de compra se baseia no planejamento financeiro. Entre as facilidades estão o uso do FGTS e os diferentes tipos de lance, uma maneira do consorciado acelerar a contemplação e, assim, utilizar o crédito.

Essa versatilidade tem atraído muitos brasileiros. Segundo dados da ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios), o volume de créditos comercializados no consórcio imobiliário neste primeiro trimestre foi de R$ 12,38 bilhões, um número 31,8% maior em comparação ao mesmo período de 2019.

A Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário, empresa pioneira no setor com mais de 28 anos de atuação, acompanha o crescimento do mercado. De janeiro a março, a administradora comercializou R$ 760,9 milhões em créditos, um salto de 26,05% em relação aos três primeiros meses do ano passado.

FGTS no consórcio

Uma grande vantagem para quem optou em comprar um imóvel por meio do consórcio imobiliário é poder utilizaro Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Seja na compra ou construção em terreno próprio quitado, o consorciado conta com o saldo do benefício, mas precisa estar atento às regras do Conselho Curador do FGTS.

O FGTS pode ser usado para o pagamento total ou parcial do lance, sendo obrigatório o uso do benefício no momento da compra ou construção. Também é possível amortizar ou quitar o saldo devedor do plano de consórcio após a compra ou finalização da construção do imóvel. Lembrando que o fundo só pode ser usado para aquisição de imóveis residenciais urbanos e que sejam para moradia do trabalhador beneficiado. Na amortização, devem ser respeitadas as mesmas regras do Conselho Curador do FGTS, aplicadas no momento da liberação do crédito.

Veja o vídeo da #AdemilarResponde sobre o uso do FGTS no consórcio:

Tipos de lance no consórcio: livre, fixo e limitado

O sorteio é o modo mais conhecido de contemplação, mas também existem os lances, uma forma de tentar antecipar o recebimento do crédito. Na Ademilar é possível ofertar três tipos de lance: livre, fixo e limitado.

Na modalidade livre, vence quem ofertar o maior número de parcelas, uma boa alternativa para o consorciado que tem urgência na contemplação. Já nos lances fixo e limitado, o número de parcelas a serem ofertadas é determinado no aditivo de cada grupo de consórcio. Caso dois ou mais consorciados ofertem lances de mesmo valor, o critério de desempate será a cota mais próxima do primeiro prêmio da extração da Loteria Federal do mês vigente.

Veja o vídeo da #AdemilarResponde sobre o uso dos Tipos de lance

Veja mais detalhes sobre lances.

Lance embutido no consórcio

Existe ainda o chamado lance embutido, quando o consorciado utiliza parte do valor do crédito contratado na oferta. Essa facilidade é recomendada para quem não têm recursos próprios para oferecer um lance.

O lance embutido pode ser parcial ou total. No primeiro caso, para pagar o lance, o consorciado utiliza o valor do crédito mais recursos próprios; no segundo, o valor ofertado é descontado integralmente do crédito. Isto também é determinado no aditivo de cada grupo de consórcio.

Um exemplo: se o crédito contratado for de R$ 300 mil e o lance embutido de R$ 100 mil, o consorciado terá um crédito disponível de R$ 200 mil.

É importante lembrar que lances são ofertas, e existe a possibilidade da pessoa não ser contemplada. Neste caso, não é preciso pagar o lance.

Quer saber mais sobre os lances e o uso do FGTS no consórcio de imóveis? Acesse: www.ademilar.com.br

Veja o vídeo da #AdemilarResponde sobre o uso do Lance embutido