Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
A fila durou até 1h30 da madrugada de terça
A fila durou até 1h30 da madrugada de terça| Foto: Colégio Estadual do Paraná / Divulgação

Pais e familiares esperaram até seis horas na fila do primeiro dia de inscrição para o processo classificatório do Colégio Estadual do Paraná (CEP) na segunda-feira (4). O atendimento começou às 15h no saguão do colégio e se estendeu até a 1h30 da madrugada de terça (5) - cinco horas e meia depois do fechamento dos portões. Situação semelhante é prevista para ocorrer nesta terça-feira. Apesar disso, o CEP considerou "normal" o tempo para fazer a inscrição.

RECEBA notícias de Curitiba e região em seu Whatsapp

A longa espera, segundo o colégio, ocorre por causa da análise curricular, feita por rendimento escolar, no ato da inscrição. Com dez funcionários para atender todos os pais, cada um deles avalia as notas escolares dos inscritos e calcula a média do aluno no momento do atendimento - o que define a classificação para entrar no colégio. Também é feita a análise da documentação requisitada via edital.

Para vagas do 1.º ano do Ensino Médio, o colégio recebe, em média, 400 inscrições de alunos por dia. Neste ano, o CEP diminuiu os dias de atendimento de quatro para três dias. Apesar de contar com um dia a menos de atendimento, a justificativa da escola é de que essa "espera é normal e ocorre em todos os anos".

“A fila chama atenção, mas a quantidade é dentro do que a gente prevê. As pessoas têm anseio pela vaga, então entendem que esse é um sacrifício que compensa. É um colégio muito procurado, ficamos felizes de ver tanta gente se inscrevendo”, explica o secretário geral do CEP, Gilberto Pereira Rodrigues.

Os pais que passaram a noite à espera da inscrição, porém, não concordam com o colégio e avaliam que esse processo poderia ser mais simples. “Não entendo por que isso não pode ser feito de forma online. Dá para digitalizar a documentação e eles mandarem a média. É cansativo para ambos os lados”, diz a jornalista Aline Peres, mãe de um aluno postulante à vaga no CEP.

A justificativa do colégio para o processo não ser online é a transparência. “Nós precisamos fazer a pontuação do histórico escolar, e fazer isso na frente dos pais dá mais transparência. Os pais gostam desse atendimento porque fica mais claro e podemos mostrar para a pessoa o que está sendo feito”, afirma o secretário.

De acordo com a Secretaria de Estado da Educação do Paraná (Seed), o CEP é o único colégio estadual que não possui inscrição online. Segundo o colégio, além da questão da transparência, a escolha pela inscrição presencial se dá pelo fato de esse método atingir todo o público, inclusive quem não tem acesso à internet.

As inscrições para o ingresso em turmas do Ensino Médio do CEP vão de 4 a 6 de novembro, inicialmente das 15h às 20h, mas seguem até a fila acabar. O colégio disponibiliza 550 vagas para os turnos tarde e noite.

Ensino Fundamental

Além das vagas para o Ensino Médio, o CEP também abrirá inscrições para 6º ano do Ensino Fundamental. O processo também é presencial e será realizado nos dias 11 e 12 de novembro, das 15h às 20h. São 100 vagas e somente no período da tarde, conforme descrito em edital.

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]