• 14/10/2019 15:48
É direito

Agentes orientam motoristas de táxi e aplicativos sobre transporte de cão-guia

  • 14/10/2019 15:48
  • PorGazeta do Povo
    “É importante que os motoristas saibam que o cão é treinado e só obedece meus comandos”, relata a passageira Dayane Bubalo.
    “É importante que os motoristas saibam que o cão é treinado e só obedece meus comandos”, relata a passageira Dayane Bubalo.| Foto: Setran

    A Superintendência Municipal de Trânsito (Setran) de Curitiba está fazendo uma série de ações para conscientizar motoristas de táxi e de aplicativos no transporte de cães-guia de passageiros cegos. A ação acontece após um motorista  de aplicativo ser suspenso por mil dia pela empresa 99 por se negar a levar o cachorro de uma passageira em agosto. O motorista disse que não sabia que o animal era um cão-guia.

    RECEBA notícias de Curitiba e região em seu Whatsapp

    A primeira ação foi na última sexta-feira (11) na rodoviária de Curitiba. Durante a orientação, agentes de trânsito da prefeitura reforçaram o direito que os deficientes visuais têm de estarem com os cães-guias em veículos e ambientes coletivos. O direito é garantido pela lei federal 11.126/2005.

    A deficiente visual Dayane Bubalo conta que já teve problemas com motoristas que não aceitaram a entrada de seu cão-guia Amorim. “É importante que os motoristas saibam que o cão é treinado e só obedece aos meus comandos”, afirma Dayane em declaração ao site  da prefeitura.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.