Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Campanha “Favela contra o Vírus” pede doação de sabonetes e produtos de higiene
| Foto:

A Central Única das Favelas (Cufa), em Curitiba, está pedindo a colaboração na campanha “Favela contra o Vírus”. Comunidades na Vila Caximba, Vila Autódromo (Cajuru), Parolin, Cidade Industrial de Curitiba (CIC) são alguns dos pontos de preocupação devido à pandemia do novo coronavírus. A ideia da Central é colaborar com mais de 300 famílias com doação de produtos de higiene, especialmente sabonete para a lavagem das mãos. A entrega de kits ou mesmo sacolas de supermercado ocorre no estádio do Operário Pilarzinho.

RECEBA notícias do Paraná pelo WhatsApp

A intenção da campanha é mostrar aos moradores das favelas e periferias que gestos simples como lavar as mãos podem evitar a contaminação com a Covid-19. Leandro Andrade, 31 anos, é coordenador da Cufa na capital paranaense e relata a necessidade de auxiliar outras pessoas que não têm condições financeiras para comprar muitos produtos básicos de higiene. “Estamos com uma tenda no estádio e as doações estão chegando. Material de limpeza, higiene e alimentos. Tudo é muito bem-vindo, mas peço que não esqueçam do sabonete, pois não está vindo muito”, pediu o coordenador.

As famílias beneficiarias são aquelas que já estão mapeadas no radar da Central Única das Favelas, mas muitas outras ainda devem entrar no sistema. A ideia é colaborar com mais de 300 famílias em Curitiba e dar suporte para outras necessidades.

“Estamos muito preocupados com o atual momento. Tem gente que recebe dinheiro por semana como autônomo e não está tendo esta possibilidade de trabalhar. Ele faz compra com aquilo que ganha. Já estamos dando suporte em outras áreas com psicólogos, livros e mostrando nas nossas redes sociais formas de prevenção da doença”, esclareceu Andrade.

Leandro Andrade, 31 anos, é coordenador da Cufa na capital paranaense.
Leandro Andrade, 31 anos, é coordenador da Cufa na capital paranaense.| Arquivo pessoal

Como ajudar?

A entrega das doações acontece na Rua Amauri Lange Silvério, 1141, Pilarzinho / Campo do Operário Pilarzinho, das 9 h às 18 h, de segunda a sexta-feira. Outros pontos com os líderes da comunidade também estão aceitando doações. Informações pelo Facebook.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]