i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Abastecimento de água

Chuvas aliviam estiagem em Curitiba, mas situação está longe de ser normalizada

  • 04/01/2021 14:54
Em dezembro, choveu 151,8 mm em Curitiba.
Em dezembro, choveu 151,8 mm em Curitiba.| Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná

Após passar grande parte de 2020 enfrentando os efeitos daquela que é considerada a pior estiagem da história, os moradores de Curitiba e Região Metropolitana tiveram um alento nos últimos meses do ano. Novembro e dezembro registraram volume de chuvas acima da média histórica, melhorando a situação dos reservatórios que abastecem a região. Ainda assim, a situação está longe de ser normalizada e, por enquanto, não há previsão de colocar fim ao rodízio no abastecimento, em vigor desde março do ano passado.

Receba as principais notícias do Paraná pelo WhatsApp

Segundo o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), choveu em Curitiba durante o mês de dezembro 151,8 mm. Em Pinhais, o acumulado chegou a 159,2 mm. Historicamente, a média nesse período varia entre 120 e 140 mm na região. Novembro já havia terminado com 194 mm de chuva, para uma média de 116 mm. "Com chuvas mais abundantes houve recuperação dos níveis das barragens que abastecem a RMC, mas ainda longe do ideal", destaca boletim do Simepar.

De acordo com a Sanepar, o nível dos reservatórios que compõem o Sistema de Abastecimento de Água Integrado de Curitiba (SAIC) está nesta segunda-feira (4) em 40,79%, patamar registrado em maio de 2020. No fim de novembro, esse índice estava na casa de 30%. Para que a situação seja considerada normalizada, é necessário que esse percentual atinja pelo menos 60%.

Nesta segunda, a Sanepar retomou o rodízio no abastecimento em Curitiba e RMC, que havia sido suspenso no dia 22, para as festividades de Natal e ano novo. A Sanepar estabeleceu um cronograma até 17 de janeiro, com 36 horas de corte no abastecimento e 36 horas de fornecimento normal, modelo em vigência desde agosto. A recomendação da empresa é para que a população economize água e mantenha os hábitos de consumo racional.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • A

    Almir.Vilela

    ± 0 minutos

    Que venham as chuvas!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • M

      Marcus Pinheiro Machado

      ± 23 horas

      PARA QUEM MORA EM CASA COM TERRENO RASOAVEL A SOLUIÇÃO E CAVAR UM POÇO.AINDA MAIS COM ESSE AUMENTO DE PREÇO.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      Fim dos comentários.