i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Lista de falecimentos - 21/10/2015

Anita Ida Poniwass: “durona” acima de tudo

  • PorDa Redação
  • 21/10/2015 02:00
 | Arquivo da família
| Foto: Arquivo da família

Anita Ida Poniwass tinha a imagem típica de uma avó: baixinha, cabelos grisalhos, óculos e até uma dentadura. A imagem, porém, não ilustrava bem a personalidade da gaúcha. Era “durona” acima de tudo. Casou-se muito jovem e se separou ainda na década de 1960. Sozinha criou sete filhos. Ao longo da vida ainda lidou com a perda de três deles. Também teve de superar a morte dos sete irmãos.

Com o falecimento de Alberto, o filho mais velho, em 1983, foi ela quem assumiu a responsabilidade de criar dois dos netos: Luigi e Aline. Manteve a linha dura que tinha com todos os filhos. Era como se os criasse ainda em tempos antigos. Cobrava, dava muitas broncas, brigava e exigia muito. Nada passava despercebido aos olhos de dona Anita.

Nascida em Erechim, no Rio Grande do Sul, ela literalmente atravessou o país acompanhando os filhos e foi morar em Manaus. Antes passou um período em Marechal Cândido Rondon, no Oeste do Paraná, e depois alguns anos em Curitiba. Foram mais de 20 anos vivendo no Norte do Brasil até retornar à capital paranaense para uma visita em 2013. Depois disso se estabeleceu então em São Francisco do Sul, em Santa Catarina. As idas e vindas foram todas para acompanhar os filhos em novas oportunidades de trabalho.

Era uma dona de casa excelente. Acordava cedo, limpava toda a casa e cuidava do quintal. Colocava todo mundo para trabalhar, fazia parte do seu modo de educar. A cozinha era a grande especialidade. Nas panelas ia dos pratos simples do dia a dia aos mais elaborados. Os sabores vindos da Alemanha -- país de origem da família -- eram frequentes na mesa de Anita.

Não era daquelas avós que mandam os netos comer salada, pelo contrário, ela mesma preferia os alimentos gordurosos. Churrascos e cerveja eram o “grande pecado” da gaúcha. O chimarrão e as músicas típicas do Rio Grande do Sul também estavam presentes na rotina de Anita. Mesmo quando morou em Manaus, onde as temperaturas são mais altas, não abandonou a cuia.

As tradições festivas também não eram deixadas de lado por ela. Fazia questão de reunir todos para almoçar nestes dias. Na Páscoa preparava cestas de doces e chocolates para as crianças, escondia e as fazia procurar logo pela manhã. No Natal enfeitava a casa sempre com um pinheirinho feito de árvore natural, que pedia para os filhos comprarem. Também não esquecia de fantasiar alguém de Papai Noel para que entregasse os presentes.

A distração durante os dias ficava por conta da televisão. As novelas e os programas de auditório, como os do Silvio Santos, eram o que mais agradavam. Também via o noticiário e os filmes que estavam na programação. Nos intervalos, vez ou outra, pegava uma revista para colocar a leitura em dia.

A maior diversão de Anita era mesmo o baralho. Era uma jogadora de mão cheia. Com as amigas tinha um grupo de canastra. Elas se reuniam sempre para horas e horas de carteado. Jogava também com a família sempre que podia. Com outro grupo de amigas mantinha os movimentos em ordem. Se reuniam para fazer caminhadas e ginástica para a terceira idade.

Mesmo se mantendo sempre ativa, Anita sofria com alguns problemas de saúde. Foi internada para o tratamento de uma pneumonia e estava respondendo bem aos tratamentos. Após alguns dias no hospital seu quadro piorou e a gaúcha não resistiu às complicações da doença. Deixa quatro filhos, 11 netos e cinco bisnetos.

Dia 31 de setembro, aos 90 anos, de complicações de uma pneumonia, em Joinville.
Colaborou: Getulio Xavier.

Lista de falecimentos - 21/10/2015

Alipio Pinheiro da Silva, 76 anos. Profissão: lavrador. Filiação: João Pinheiro da Silva e Maria Cândida Taborda de Souza. Sepultamento ontem.

André de Andrade, 88 anos. Profissão: marceneiro. Filiação: José Venceslau de Andrade e Francisca Maria de Jesus. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque Memorial Graciosa, em Quatro Barras.

Anita Goudard, 89 anos. Profissão: do lar. Filiação: Alberto Brun e Augusta Brun. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem.

Antônia Prado Malafaia, 97 anos. Profissão: doméstica. Filiação: João Mariano e Rita Maria de Jesus. Sepultamento hoje, no Cemitério Jardim da Saudade II, em Pinhais.

Antônia Rita da Silva, 94 anos. Profissão: do lar. Filiação: Maria Rita da Silva. Sepultamento ontem.

Benedito Alves de Chaves, 84 anos. Profissão: motorista. Filiação: José Santiago de Chaves e Emerentina Maria da Conceição. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Fazenda Rio Grande, saindo de local a ser designado.

Dalva Milva Penedo de Souza, 68 anos. Profissão: do lar. Filiação: Paulo Penedo e Maria Mendes Penedo. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Bom Jesus dos Passos, em Piraquara.

Daniel Collaco de Oliveira, 46 anos. Profissão: servente. Filiação: Alvindo Collaco de Oliveira e Rosa de Oliveira. Sepultamento ontem.

Dejair Moreira Batista, 52 anos. Profissão: montador. Filiação: Claudomiro Moreira Batista e Catharina Cordeiro Batista. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal do Boqueirão.

Delci Antônio Ubaldino Tsutiya, 70 anos. Profissão: do lar. Filiação: Laurentino Antônio Ubaldino e Júlia da Silva Ubaldino. Cerimônia hoje, no Crematório Berti, em São José dos Pinhais.

Elisabeth Augusta Troiano, 47 anos. Profissão: farmacêutica. Filiação: Irineu de Andrade e Marilene de Andrade. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal São Francisco de Paula.

Florisvaldo José Lima dos Santos, 63 anos. Profissão: motorista. Filiação: Florisvaldo Lima dos Santos e Maria Zenaide Lima dos Santos. Sepultamento ontem.

Gabriel Ilario da Silva, 17 anos. Profissão: estudante. Filiação: João Ilario da Silva e Nancy Cordeiro dos Santos. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Boqueirão.

Galiana Fernandes Horth de Quadros, 98 anos. Profissão: do lar. Filiação: José Fernandes de Lima e Maria Cristina Horst de Lima. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque Iguaçu.

Giselleda da Siqueira, 29 anos. Profissão: bancária. Filiação: José Ataide da Siqueira e Maria Salete Silva da Siqueira. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Bom Jesus dos Passos, em Piraquara.

Guillermo Rojas Fernandez, 58 anos. Filiação: Pedro Rojas Martinez e Gregoria Fernandez Segovia. Sepultamento ontem.

Izaltina Henriques Maciel, 76 anos. Profissão: do lar. Filiação: José Pedro Henriques e Virgínia Gobatto. Cerimônia hoje, no Crematório Perpétuo Socorro, em Campo Largo.

Izidoro Vosilk, 87 anos. Profissão: jardineiro. Filiação: João Vosilk e Catarina Schuatik Vosilk. Sepultamento ontem.

Jamil Domingos dos Santos, 67 anos. Profissão: motorista. Filiação: Benedito Domingos dos Santos e Maria Borges dos Santos. Sepultamento ontem.

Jean Carlos Silva, 23 anos. Profissão: metalúrgico. Filiação: João da Silva e Helena Gomes da Silva. Sepultamento ontem.

Jeferson Aparecido Amaro, 52 anos. Filiação: Aparecido Amaro e Benedita de Jesus Amaro. Sepultamento hoje, no Cemitério Universal Necrópole Ecumênica Vertical.

Jenovepha Vallache Sima, 86 anos. Profissão: do lar. Filiação: Pedro Wallache e Margarida Vallache. Sepultamento ontem.

João Lourenço de Almeida, 55 anos. Profissão: autônomo. Filiação: Alexandre Lourenço de Almeida e Maria Angelica de Almeida. Sepultamento ontem.

Joel Lisboa, 41 anos. Profissão: pedreiro. Filiação: Pedro dos Santos Lisboa e Maria Lisboa. Sepultamento ontem.

Jorge de Oliveira Ruivo, 49 anos. Profissão: autônomo. Filiação: Benedito de Oliveira Ruivo e Aparecida Maria de Jesus. Sepultamento ontem.

José Alves do Prado, 73 anos. Profissão: pedreiro. Filiação: Joaquim Alves do Prado e Josefina Pereira Nunes. Sepultamento ontem.

Lúcia de Jesus Alexandrino, 47 anos. Profissão: do lar. Filiação: Pedro Taborda Ribas e Olivia Santos Bandeira. Sepultamento ontem.

Márcio Ferreira da Silva, 31 anos. Profissão: operador de empilhadeira. Filiação: Antônio Afonso da Silva e Jordita Ferreira da Silva. Sepultamento ontem.

Maria Clara Alves de Lara, 73 anos. Profissão: vendedora. Filiação: Júlio de Lara e Otacília Alves de Lara. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Santa Cândida.

Maria Fuscolin, 85 anos. Profissão: do lar. Filiação: Gregório Tkazs e Cristina Tkazs. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Água Verde.

Miguel Archanso do Nascimento, 84 anos. Profissão: balconista. Filiação: Joaquim Sebastião do Nascimento e Mria Tereza do Nascimento. Sepultamento ontem.

Nady Ribeiro Martins, 81 anos. Profissão: contador. Filiação: Pio Esteves Martins e Floripes Ribeiro Martins. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem.

Nirce Conte, 66 anos. Profissão: auxiliar de produção. Filiação: Aquiles Machado da Silva e Aquilina Zago da Silva. Sepultamento ontem.

Quintino Barbosa, 89 anos. Profissão: açougueiro. Filiação: Joaquim Manoel Barbosa e Delfina Maria do Carmo. Sepultamento hoje, no no Cemitério Parque das Araucárias, em Colombo.

Regina Estela Pereira Piasecki, 75 anos. Filiação: José Erichsen e Estela Braga Pereira. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal São Francisco de Paula.

Regina Strapasson, 70 anos. Profissão: do lar. Filiação: João Domingos Coraiola e Eugenia Coraiola. Sepultamento quinta-feira, 22 de outubro, às 16h, em local a definir, saindo de local a ser designado.

Relindes Elizabeth Farias, 83 anos. Profissão: do lar. Filiação: Francisco Quickstedt e Maria Quickstedt. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Água Verde.

Ricardo Attila Tenius, 31 anos. Profissão: engenheiro. Filiação: Luiz Arnanldo Braga Tenius e Ecleia Maria Tenius. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque Memorial Graciosa, em Quatro Barras.

Rosa Granzoti Pereira, 59 anos. Profissão: doméstica. Filiação: Alberto Granzoti e Maria Granzoti. Sepultamento hoje, no Cemitério Universal Necrópole Ecumênica Vertical.

Rubens César Martins Correa, 79 anos. Profissão: funcionário público federal. Filiação: Rui Marcondes Correa e Diva Martins Correa. Sepultamento ontem.

Sebastiana Maria dos Santos, 83 anos. Profissão: do lar. Filiação: José Rodrigues dos Santos e Josefa Maria da Conceição. Sepultamento hoje, em local a definir, saindo da Capela Municipal do Cemitério Água Verde.

Stanislaw Chachaj, 82 anos. Profissão: pintor. Filiação: Pawel Chachaj e Sofia Chachaj. Sepultamento ontem.

Suelen Cristina Santos Mantovani, 27 anos. Profissão: operadora de telemarketing. Filiação: Márcio Miranda Mantovani e Márcia Adriana dos Santos. Sepultamento ontem.

Terezinha de Fátima Souza, 58 anos. Profissão: agricultor. Filiação: Vitorino de Souza e Silva e Elvira Kerscher da Silva. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem.

Terezinha de Jesus dos Santos Machado, 82 anos. Profissão: divulgadora. Filiação: Francisco dos Santos e Doca Vileski. Sepultamento ontem.

Valentin Anelli, 87 anos. Profissão: motorista. Filiação: Luiz Anelli e Hermínia Vitória Bentti. Sepultamento ontem.

Venâncio Leocádio Rathmann, 89 anos. Profissão: comerciante. Filiação: Gustavo Rathmann e Margarida Rathmann. Sepultamento ontem.

Wellington Henrique Silva Iris, 20 anos. Profissão: servente. Filiação: Sérgio Iris e Siumara Silva Moreira. Sepultamento ontem.

Zilda Cecília Gonçalves, 59 anos. Profissão: auxiliar administrativa. Filiação: Euclides Constantino Gonçalves e Teodora Sebastiana Gonçalves. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal São Francisco de Paula.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.