Vacina da Covid-19
Vacina da Covid-19| Foto: Gilson Abreu/AEN

A vacinação da Covid-19 em Curitiba começa nesta quarta-feira (20), às 10h, no pavilhão do Parque Barigui, dentro do Plano Nacional de Imunização (PNI) de todo o Brasil. Nesta primeira fase emergencial, serão 24,4 mil doses aplicadas a partir desta quarta - a aplicação da segunda dose desta mesma remessa será daqui 20 dias.

Pela escassez da vacina não só no Brasil, mas no mundo, ainda não há datas para as próximas fases da imunização. Entretanto, a prefeitura de Curitiba já divulgou a ordem da vacinação ao longo de 2021, conforme a prioridade dos grupos. Confira abaixo em qual grupo de vacinação você se encontra:

Primeira fase

Esta é a fase emergencial da vacinação que começa nesta quarta-feira, em que o público é o mais prioritário de todos pelos riscos. Serção vacinados emergencialmente os profissionais de saúde que atuam diretamente no tratamento da Covid-19, idosos que vivem em asilos e seus cuidadores, além dos cerca de 150 indígenas da aldeia Kakané-Porã, a única da capital, no bairro Tatuquara. Na sequência, ainda na primeira fase, devem ser vacinados guardas municipais, agentes funerários, equipes da Fundação de Ação Social (FAS) e estudantes de cursos de Saúde que fazem estágio na área.

Segunda fase

Na segunda fase, a vacinação será para os idosos que não vivem em asilos, além dos presos e agentes carcerários. No caso dos idosos, a prioridade vai ser para os que estão acamados e os mais velhos. Os primeiros vacinados serão os idosos acamados, seguidos por pessoas com mais de 80 anos. Na sequência, a divisão dos grupos por faixa etária é: entre 79 e 75 anos; entre 74 e 70 anos; entre 69 e 65 anos, e entre 64 e 60 anos.

Terceira fase

As pessoas cujos problemas de saúde podem agravar o quadro da Covid-19 e os moradores de rua serão vacinados na terceira fase. Entre as enfermidades cujos pacientes terão prioridade estão problemas cardíacos graves, diabetes, pressão alta, obesidade, doenças neurológicas, deficiências permanentes severas, neoplasias, além de pacientes imunossuprimidos e transplantados.

Quarta fase

Os trabalhadores dos serviços essenciais serão imunizados nessa fase. Entre os profissionais estão motoristas e cobradores de ônibus, trabalhadores da limpeza pública, policiais, professores, taxistas e motoristas de aplicativos.

Quinta fase

A última das cinco fases da vacinação da Covid-19 será para os grupos que não são prioritários, ou seja, todas as pessoas que não se enquadram em nenhuma das fases anteriores. Serão vacinados na quinta fase pessoas com menos de 60 anos, conforme a idade - dos mais velhos para os mais novos.

17 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]