i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
perdeu o sono?

Madrugada quente: entenda o que causou tanto calor em Curitiba e Litoral na última noite

  • PorDurval Ramos
  • 29/01/2019 10:00
Você não foi o único que não conseguiu dormir direito essa noite: a madrugada foi realmente muito quente | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
Você não foi o único que não conseguiu dormir direito essa noite: a madrugada foi realmente muito quente| Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

O calor que faz em Curitiba e Litoral do estado está sendo de tirar o sono de muita gente — literalmente falando. De acordo com o Simepar, a madrugada desta terça-feira (29) foi uma das mais quentes dos últimos tempos. Nas praias, as mínimas registradas antes mesmo de o sol nascer giraram em torno dos 25º C e por muito pouco não atingiram a marca histórica alcançada no começo do ano.

A meteorologista Ana Beatriz Porto da Silva, do Simepar, conta que em Paranaguá, no Litoral, os termômetros chegaram a 26,1º C na maior parte da madrugada — uma temperatura bastante elevada para o horário. E no restante do Litoral, a noite foi igualmente abafada, com 26º C em Guaratuba e 25º C em Matinhos em Pontal, por volta as 2h da manhã.

Veja também: Após noite muito quente, Curitiba e Litoral ficarão acima dos 30ºC nesta terça

Já em Curitiba, o calor foi um pouco mais ameno de noite — mas nem por isso fácil de lidar. Na capital, a temperatura durante a madrugada ficou em torno dos 20º C.

A explicação para tanto calor, segundo a meteorologista, é justamente a massa de ar muito quente que predomina em toda a região. “As últimas madrugadas já tinham sido quentes e tivemos uma série de fatores que ajudaram na manutenção do aquecimento”, explica Ana Beatriz. “A chuva que ajuda a refrescar não veio na segunda-feira e os ventos foram muito fracos ao anoitecer. Além disso, também tivemos ventos vindos de áreas mais ao norte que trouxeram um ar mais quente para cá”, conclui a meteorologista.

Leia mais - Bike compartilhada é jogada dentro de rio em Curitiba

E para quem ainda tinha esperanças de ter pelo menos uma boa noite de sono nesta noite de terça para quarta-feira, talvez seja melhor colocar aquele ventilador do lado da cama, já que a previsão é que as madrugadas permaneçam abafadas ao longo da semana. De acordo com Ana Beatriz, devemos ter mais uma uma noite quente. “A mudança maior deve vir somente no fim de semana. Em Curitiba, as temperaturas ficam mais amenas só no domingo”.

Madrugada mais quente

Apesar da madrugada desta terça-feira ter sido muito abafada, ela ainda não superou a noite do dia 3 de janeiro, quando os termômetros chegaram a 26,8º C em Pontal do Paraná. Na mesma ocasião, Curitiba chegou a 21,6º C a temperatura noturna mais alta dos últimos 20 anos, desde quando o Simepar começou a fazer as medições.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]
  • Tudo sobre:

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.