i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
resgate

Preparados para o verão: guarda-vidas do PR vencem prova nacional de salvamento

Corpo de Bombeiros conquistou pela quarta vez o Campeonato Brasileiro de Salvamento Aquático

  • PorGazeta do Povo
  • 26/11/2018 09:41
Equipe do Corpo de Bombeiros do Paraná, campeã brasileira de salvamento aquático. | Soldado Amanda Morais/AENPR
Equipe do Corpo de Bombeiros do Paraná, campeã brasileira de salvamento aquático.| Foto: Soldado Amanda Morais/AENPR

Se depender do treinamento do Corpo de Bombeiros do Paraná, serão poucos os afogamentos na temporada de verão no litoral, que vai de 21 de dezembro de 2018 e a 10 de março de 2019. A corporação mostrou que está preparada para a missão, quando os casos de afogamentos explodem nas praias do Paraná, principalmente nas comemorações do ano novo e do carnaval: na última sexta-feira (23), os bombeiros do estado foram campeões do Campeonato Brasileiro de Salvamento Aguático, em Foz do Iguaçu. Além de salvamento em praias, os guarda-vidas também atuam em rios, lagos e em buscas de pessoas desaparecidas em meio aquático.

A competição integra o Seminário Nacional de Bombeiros (Senabom), mas também participam equipes das Forças Armadas, como a Marinha e a Aeronáutica.

Este é o quarto título da equipe paranaense, cuja disputa em 2018 contou com 410 guarda-vidas de 16 estados. Os bombeiros paranaenses terminaram em primeiro lugar com 2.492 pontos, seguida pelos Corpos de Bombeiros do Rio, com 2.275 pontos, e São Paulo, com 1.393 pontos.

- Leia mais - Conheça o helicóptero da PM que ajuda a salvar vidas e atua em perseguições policiais

De acordo com o coordenador da prova, major Rafael Lorenzetto, do Corpo de Bombeiros do Paraná, independente do resultado, a competição mostra que não só a corporação campeã, mas todas participantes estão preparadas para efetuar resgate de banhistas em risco. “Quem ganha é a população com militares e profissionais mais habilidosos e treinados para efetuar o resgate quando for necessário”, enfatiza. “Competições como essa fazem com que todos os bombeiros adotem uma padronização, por meio de técnicas, ações e uso de equipamentos, e isso só fortalece a prevenção em nível nacional”, completa o major Lorenzetto.

- Veja também - Para evitar afogamentos, drones vão monitorar banhistas na Operação Verão

Durante a competição, os guarda-vidas disputaram provas de revezamento em piscina e no Lago de Itaipu. Na primeria etapa, foram dez horas de revezamento em piscinas. Na sequência, vieram as provas de aquathlon, que envolvem corrida e natação, além das disputas de salvamento com tubo de resgate, salvamento com pranchão e corrida à nadadeira no lago.

Operação Verão

Na Operação Verão 2018/2019, o Corpo de Bombeiros do Paraná terá o auxílio da tecnologia. Drones serão utilizados para monitorar não só para planejar o deslocamento da Polícia Militar (PM) conforme o volume de pessoas na orla, mas também para acompanhar os banhistas no mar como forma de prevenção de afogamentos.

“Com os drones vamos conseguir visualizar onde está a maior concentração de público e também proteger os banhistas que acabam sendo levados pela arrebentação”, afirma o representante dos Bombeiros na operação, coronel Fábio Mariano de Oliveira. Assim como nas outras temporadas, tanto PM, quanto o Corpo de Bombeiros também contarão com o helicóptero do Batalhão de Operações Aéreas (BPMOA) tanto para resgates, quanto para o policiamento.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.