Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Joaquim Távora – Depois de passar por um momento de instabilidade com a crise na avicultura no primeiro semestre deste ano, o Frangos Pioneiro, segundo maior abatedouro de aves do Norte do Paraná – atrás apenas da unidade da Seara em Jacarezinho – anunciou nesta semana, na sede da empresa, em Joaquim Távora, a construção de uma segunda unidade que terá capacidade para triplicar a produção atual da fábrica.

Os planos da diretoria do grupo Pioneiro são o de iniciar as atividades da nova unidade a partir de abril de 2007 e passar a abater 120 mil aves diariamente. Com os investimentos, explica o diretor executivo do abatedouro, Paulo César Thibes, a intenção é, além de aumentar a produção, também diversificar o "mix" de produtos para se firmar no mercado.

Empregos

Assim que concluído o investimento de R$ 30 milhões, o abatedouro deve criar mais 2,4 mil empregos diretos e 10 mil indiretos, se considerada toda a cadeia produtiva da avicultura, que envolve ainda o plantio de lavouras de milho para a fábrica de rações e as vagas de trabalho abertas nas propriedades rurais agregadas ao projeto. Atualmente o Frangos Pioneiro é a empresa que mais gera empregos em Joaquim Távora.

De acordo com o diretor geral do grupo, Tarciso Messias, a nova unidade vai compreender três empresas distintas, que vão atuar no abate, no fomento à produção de milho, e na recepção, armazenagem, e produção de rações à base do grão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]