Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da Queiroz Galvão Exploração e Produção (QGEP), unidade de petróleo e gás do grupo de infraestrutura Queiroz Galvão, movimentou 1,52 bilhão de reais.

Cada ação saiu a 19 reais, segundo informações disponíveis nesta segunda-feira na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), abaixo da faixa estimada pelos coordenadores no prospecto preliminar, de 23 a 29 reais por papel.

Foi o terceiro IPO seguido na bolsa paulista em 2011 com preço aquém do esperado, de um total de quatro, depois das operações de Sonae Sierra e Autometal. Apenas a oferta inicial da Arezzo foi diferente, com o preço por ação saindo no teto da faixa prevista.

A oferta primária da QGEP, cujos recursos irão reforçar o caixa da empresa, envolveu 79,74 milhões de ações, o que indica colocação integral do lote suplementar de 10,4 milhões de papéis.

A operação previa ainda uma eventual oferta secundária, em caso de demanda. Foi vendida apenas 1 ação, nesse caso.

As ações da QGEP começarão a ser negociadas na Bovespa na quarta-feira, dia 9.

O Itaú BBA é o coordenador-líder da oferta, que conta ainda com participação do Bank of America Merrill Lynch e do BTG Pactual.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]