i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Novo mercado

Airbnb deve criar área de aviação para oferecer viagens com “experiência”

Companhia quer completar tripé de viagens com hospedagem, experiência e locomoção ao destino. Nova área não significa, necessariamente, a criação de uma companhia aérea

    • Infomoney
    • 08/02/2019 10:06
    Airbnb  contratou novo executivo para criar área de aviação | Daniel Castellano/Gazeta do Povo
    Airbnb contratou novo executivo para criar área de aviação| Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

    O Airbnb está de olho na aviação para complementar o tripé: hospedagem, experiência e locomoção ao destino. A plataforma de viagens anunciou nesta quinta-feira (7) a contratação de Fred Reid como head global de transportes. Executivo com 30 anos de experiência em aviação, o executivo terá a missão de criar uma área nova que complementa um tripé na empresa. Tudo indica que a empresa vai buscar parcerias para oferecer viagens que tragam algum tipo de experiência.

    Em comunicado, o Airbnb explica que a área de transportes será construída através de “parcerias e serviços que tornem as viagens completas”. Além do aéreo, a companhia planeja “oportunidades econômicas significativas” para parceiros também em outras modalidades de transporte.

    + LEIA TAMBÉM: Aviação comercial retoma a níveis pré crise, mas segue longe de ser “low cost”

    “Houve um tempo em que embarcar em um avião era uma viagem por si só, mas com o passar dos anos, chegar ao seu destino se tornou algo que não desfrutamos mais. Acreditamos que isso precisa mudar”, disse o cofundador, CEO e líder de comunidade do Airbnb, Brian Chesky, na nota.

    “Vamos explorar uma ampla gama de ideias e parcerias que possam melhorar o transporte nas viagens, mas ainda não definimos exatamente como”, acrescentou Chesky. Segundo a empresa, não há interesse na construção de uma companhia aérea própria “ou apenas criar outro canal na Internet onde é possível simplesmente adquirir uma passagem de avião”. O foco é mudança na experiência, diz o CEO.

    Currículo

    Antes do Airbnb, Reid era Presidente do Cora Aircraft Program, uma divisão da Kitty Hawk, onde supervisionava o desenvolvimento de aeronaves autônomas de decolagem vertical. Antes disso, foi presidente da Flexjet, unidade operacional independente da Bombardier, a maior fabricante mundial de aviação executiva. Também fundou a Virgin America, presidiu a Delta Airlines e a Lufthansa e liderou a formação das alianças SkyTeam e Star Alliance de companhias aéreas.

    “Estou animado em chegar à empresa para trabalhar com o terceiro pilar da experiência de viagem: como você chega lá. Seja no ar ou no solo, vejo diversas possibilidades para criar produtos e estabelecer parcerias com outras empresas que tornem as viagens mais fáceis e divertidas”, disse Reid.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.