i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Rio Madeira

Aneel aprova área do canteiro de obras da usina de Jirau

  • PorAgência Estado
  • 12/06/2009 14:06

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (12) que aprovou nesta semana a declaração de utilidade pública de uma área de 6.114 hectares, em Porto Velho (RO), destinada à implantação do canteiro de obras da usina hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira. O canteiro de obras vinha sendo construído desde novembro do ano passado, com base em uma licença ambiental prévia. A declaração de utilidade pública só pôde ser aprovada pela Aneel depois que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) concedeu, na semana passada, a licença de instalação definitiva da usina.

A declaração para fins de desapropriação libera o consórcio Energia Sustentável do Brasil (Enersus), responsável pela construção de Jirau, para concluir o processo de negociação com os proprietários das áreas para a compra das terras. A Aneel já havia aprovado, na semana passada, o projeto básico para a construção da hidrelétrica. Jirau terá capacidade de gerar 3.300 megawatts de energia e deverá entrar em operação em 2011.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.