i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Levantamento

Após recorde em setembro, consumo de combustíveis cai 8,82%

  • Por
  • 13/12/2006 17:46

Rio – Após atingir níveis recordes em setembro, o consumo de combustíveis líquidos registrou queda em outubro, conforme dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP). Ao todo, o consumo dos oito tipos de combustíveis acompanhados pela agência reguladora (gasolina, diesel, álcool hidratado, óleo combustível, querosene de aviação GLP, querosene iluminante e gasolina de aviação) totalizou 7,62 bilhões de litros em outubro, com queda de 8,82% em relação ao registrado em setembro.

No intervalo de 12 meses, porém, o consumo de outubro registrou aumento de 3,31% sobre igual mês de 2005. No ano, o total acumulado está 1,72% acima do registrado nos dez primeiros meses do ano passado, quase metade das projeções da Petrobrás no início do ano, que previa aumento em trono de 3% para este ano.

Pelos dados da ANP, a maior queda foi dos combustíveis utilizados pela indústria e nas usinas térmicas, como o diesel e o óleo combustível, com reduções de 12,1% e 11,45%, respectivamente. Em setembro, houve um brusco aumento no consumo desses combustíveis para a geração de energia elétrica por causa da carência de gás natural em algumas usinas.

O consumo de diesel em outubro, o principal derivado de petróleo produzido pela Petrobrás, somou 3,24 bilhões de litros, bem abaixo dos 3,68 bilhões de setembro. Em relação a outubro do ano passado, a queda foi de 3,49% e o acumulado em 2006 (janeiro a outubro) está 1,30% abaixo do registrado nos dez primeiros meses de 2005. No caso do óleo combustível, o consumo em outubro somou 482 milhões de litros. Embora tenha ficado abaixo do registrado em setembro (queda de 11,45%) esse patamar está 17,26% acima do registrado em outubro de 2005.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.