i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Aviação

Assembléia de credores da Vasp aprova plano de recuperação

  • PorO Globo/Globo Online
  • 26/07/2006 17:15

A VASP anunciou que está se preparando para voltar a voar. A quarta reunião da assembléia de credores, realizada na sede da empresa em São Paulo com presença de 300 participantes, aprovou o plano de recuperação da companhia. A diretoria interventora nomeada pela Justiça do Trabalho - presidente Raul de Medeiros e diretores João Losasso e Roberto de Castro - foram referendados pela assembléia como responsáveis pela recuperação da empresa.

A empresa suspendeu suas operações no início de 2005, quando o juiz da 14a Vara da Justiça do Trabalho de São Paulo decidiu intervir na empresa.

O plano de recuperação da empresa previa a VASP operacional e outra constituída por fundos de investimentos e participações (FIP's), aos quais seriam transferidos os ativos da empresa. Os credores poderiam trocar suas dívidas por cotas destes fundos, que incluirão ativos como aviões, imóveis, equipamentos terrestres e eventuais créditos obtidos na Justiça.

Na assembléia desta quarta-feira foi aberta mais uma possibilidade aos credores: os que não quiserem aderir aos FIP's poderão optar pelo recebimento dos créditos em dinheiro. Esta nova proposta, que atende a restrições legais da principal credora da VASP, a Infraero, prevê a amortização da dívida em quinze anos: cinco anos de carência, a contar a partir da data do início das operações da Vasp, e dez anos para pagamento do montante da dívida em parcelas semestrais, corrigidas pelo INPC/FGV e com juros de 2,5% ao ano. Todos os credores têm agora 30 dias para optar por esta nova alternativa de recebimento de seus créditos; caso contrário, deverão escolher os FIP's de sua preferência.

O próximo passo é a homologação judicial da assembléia.

- Hoje, apresentamos aos credores o mesmo plano da última Assembléia com pequenas alterações. Agora, aprovado, é debruçar sobre a constituição dos fundos para equacionar as dívidas e obter o certificado de operação. Pretendemos voltar a voar daqui a 8 ou 10 meses - diz Raul de Medeiros, presidente interventor.

Estudo encomendado pela VASP calcula o patrimônio da empresa em torno de R$ 6,5 bilhões, com dívidas de R$ 5 bilhões . Segundo Raul de Medeiros, o patrimônio líquido da Vasp é positivo e a companhia tem ativos suficientes para saldar suas dívidas. A VASP conta atualmente com 380 funcionários, a maioria na área técnica, já prestando serviços de manutenção a outras empresas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.