Em sua primeira aparição pública como o novo embaixador norte-americano na China, Gary Locke reassegurou aos chineses que seus ativos em dólar estão seguros e que Washington está empenhado em "colocar a questão fiscal em ordem". O novo embaixador também pediu que China e Estados Unidos unam suas forças para resolver alguns dos problemas mais graves do mundo. "Nós notamos que nos últimos dias mais pessoas estão comprando títulos do Tesouro norte-americano", disse ele, afirmando que isto é uma indicação que os investimentos nos EUA são seguros e que a economia, embora enfrente desafios, ainda é forte.

A China é o principal credor estrangeiro norte-americano e a mídia estatal chinesa tem acusado Washington de imprudência fiscal desde que a Standard & Poor's reduziu seu grau de crédito de longo prazo no início de agosto. As informações são da Dow Jones.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]