O Banco Central (BC) espera que neste ano a inflação oficial chegue a 4,1%, índice 0,1 ponto percentual superior ao previsto em março. A informação consta do Relatório de Inflação, divulgado a cada três meses.

A estimativa está abaixo do centro da meta de inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de 4,5% para 2009 e 2010. Para o próximo ano, o BC revisou a estimativa de 4% para 3,9%.

Essas projeções do Banco Central dizem respeito ao cenário de referência, que pressupõe que a Selic será mantida no atual patamar de 9,25% ao ano e o dólar valerá R$ 1,95.

No relatório, há também as projeções para a inflação no cenário de mercado, em que as projeções são feitas com base nas estimativas para a Selic e taxa de câmbio de instituições financeiras consultados pelo Banco Central. Nesse cenário, a expectativa para a taxa de câmbio ao final de 2009 é de R$ 2 e para a Selic é de 9% ao ano. Com isso, a previsão para a inflação neste ano é de 4,2%, 0,1 ponto percentual acima do previsto em março. Para 2010, a projeção também é de 4,2%, contra os 4,4% estimados no relatório anterior.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]