A China vai usar todo o seu conjunto de ferramentas de política monetária para colocar o crescimento do crédito e do dinheiro de volta ao normal, disse Hu Xiaolian, vice-presidente do banco central do país, em comentários publicados nesta quarta-feira.

Hu disse que o BC pode usar tanto as ferramentas de preços --em referência à taxa de juros--, como as quantitativas, no restante de 2010, visando desacelerar a expansão econômica.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]