i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
mercado

Bolsa bate marca dos 100 mil pontos, mas ainda está abaixo do recorde real

  • PorGazeta do Povo
  • 18/03/2019 16:46
 | Rafael Matsunaga/Rafael Matsunaga/Fotos Públicas
| Foto: Rafael Matsunaga/Rafael Matsunaga/Fotos Públicas

Foi por volta das 14h45 que o Ibovespa, o índice que reúne os principais papeis da Bolsa brasileira (65 ativos de 62 empresas), bateu os 100 mil pontos nesta segunda-feira (18). No dia, o índice fechou em 99.9993 pontos, uma alta de 0,86% em relação ao pregão anterior.  O recorde anterior, de 99.136 pontos, foi registrado na sexta-feira (15).

+LEIA TAMBÉM: Reforma de Previdência e economia mundial mais fraca devem deixar Bolsa e dólar mais agitados

O movimento de alta é influenciado internamente pela expectativa em torno da reforma da Previdência, incluindo a entrega do projeto que trata da aposentadoria dos militares, e também da primeira reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) de 2019, na qual vários analistas esperam que seja anunciada uma redução de juros, em função, principalmente, da economia andando devagar.

Externamente, as expectativas estão voltadas para a reunião do Fomc, o comitê do Fed, o banco central americano, na qual, esperam os analistas, deverá ser anunciada a manutenção dos juros básicos da economia dos Estados Unidos. 

Considerada a inflação, no entanto, o recorde real da Bolsa brasileira continua sendo o de 2008. Levantamento da consultoria Economatica divulgado pelo G1 e pela coluna de Miriram Leitão no jornal O Globo mostra que os 73.516 pontos atingidos no dia 20 de maio de 2008 ainda representam um giro maior, já que corrigidos pelo IPCA representariam 134.917 pontos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.