O Brasil está estudando formas de ajudar Portugal a passar por sua crise de dívida, incluindo possíveis compras de bônus do país, disse a presidente Dilma Rousseff.

Dilma, que está em Portugal para uma visita oficial, disse ao jornal Diário Econômico que "nossas equipes econômicas têm tido um diálogo permanente e fluente sobre a questão".

"Uma das possibilidades é a compra de parte da dívida soberana portuguesa. Também examinamos outras alternativas, como a recompra antecipada de títulos brasileiros na posse do governo português", disse ela ao jornal.

De acordo com a agência de notícias Lusa, Dilma disse que a possível compra de dívida portuguesa estaria sujeita a limites e garantias impostas por lei no uso das reservas cambiais brasileiras.

Os rendimentos dos bônus de Portugal dispararam para o maior nível desde a criação do euro após a renúncia, na semana passada, do primeiro-ministro José Sócrates. O premiê demitiu-se depois que o plano de austeridade fiscal do governo foi rejeitado pelo Parlamento.

Portugal é o mais cotado para seguir Grécia e Irlanda no pedido de um pacote de resgate internacional. A agência de classificação de risco Standard&Poor's rebaixou a nota de crédito de Portugal para apenas um grau acima do nível especulativo na terça-feira, fazendo os rendimentos dos bônus subirem mais.

Dilma deixa Portugal mais cedo e volta ao Brasil nesta quarta-feira por causa do falecimento do ex-vice-presidente José Alencar.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]