• 25/01/2021 14:16
Receita Federal

Efeito Covid-19: arrecadação federal cai 6,91% em 2020; é o pior resultado desde 2010

  • 25/01/2021 14:16
  • Brasília
Mais pessoas se tornam microempreendedores individuais
Superintendência da Receita Federal| Foto: Pillar Pedreira/Agência Senado

A crise causada pela pandemia de Covid-19 atingiu em cheio a arrecadação federal no ano passado. Segundo dados da Receita Federal, a arrecadação de impostos, contribuições e demais receitas federais em 2020 foi de R$ 1,479 trilhão, valor 6,91% menor do que o registrado em 2019. Foi o pior resultado para um ano desde 2010. Os valores foram atualizados pela inflação medida pelo IPCA.

Além da queda da arrecadação causada pela ininterrupção da atividade econômica por alguns meses, o resultado foi influenciado pelo diferimento (postergação) de impostos. Para ajudar as empresas em crise, o governo permitiu que alguns impostos de abril e maio fossem recolhidos somente no segundo semestre. Mas muitas empresas não quitaram suas dívidas. Segundo o Fisco, dos R$ 85,154 bilhões diferidos no primeiro semestre de 2020, somente R$ 64,397 bilhões foram pagos no segundo semestre. Ou seja, R$ 19,757 bilhões ainda não foram recolhidos.

Também contribuiu para a queda de arrecadação a redução a zero das alíquotas do IOF aplicáveis nas operações de crédito. Esse imposto ficou zerado por quase todo o ano de 2020, diminuindo a arrecadação do Fisco em R$ 19,7 bilhão.

Já em dezembro de 2020, a arrecadação somou R$ 159,065 bilhões, alta de 3,18% na comparação com o mesmo mês de 2019. Foi o melhor resultado para o mês de dezembro desde 2013. Os valores também foram atualizados pela inflação.

Tudo sobre:

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.