• 30/10/2020 15:15
Endividamento

Governo estima que dívida pública vai chegar a 96% do PIB até o fim do ano

  • 30/10/2020 15:15
  • Brasília
Dívidas dos estados
Nota de R$ 100| Foto: Marcelo Andrade/ Arquivo/ Gazeta do Povo

O governo estima que a dívida pública brasileira vai chegar a 96% do Produto Interno Bruto (PIB) até o fim desde ano. O valor deve continuar crescendo até 2026, quando chegará a 100,8%, o maior patamar desde 2009. Depois, entrará em trajetória decrescente, ficando em 98% em 2029. As novas projeções foram divulgadas nesta sexta-feira (30) pela Secretaria Especial de Fazenda do Ministério da Economia. Atualmente, a dívida pública está em 90,6%, segundo dados do Banco Central medidos até setembro.

O crescimento da dívida é explicado por causa da Covid-19. Antes da pandemia, a projeção era terminar o ano de 2020 com uma dívida de 77,9% do PIB, atingindo o ápice em 2023, a 79,4%, e entrando em trajetória decrescente a partir daquele ano. Porém, por causa da Covid-19, o governo tem que gastar R$ 587,7 bilhões até o fim do ano somente com ações para combater os efeitos da Covid-19 na saúde e na economia, o que aumentou expressivamente o seu endividamento.

"Diante da pandemia, a necessidade de alcançar o equilíbrio e a consolidação fiscal tornou-se ainda mais evidente. Importante pautar a agenda fiscal com soluções que permitam a condução da dívida pública a patamares mais baixos e compatíveis com uma menor percepção de risco", diz a secretaria de Fazenda em nota.

Tudo sobre:

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.