• 14/04/2020 21:33
Pandemia

MPF cobra das aéreas esclarecimentos sobre remarcação e reembolso de voos

  • 14/04/2020 21:33
    • Estadão Conteúdo
    MPF cobra das aéreas sobre remarcação e reembolso de voos
    MPF cobra aéreas sobre remarcação e reembolso de voos| Foto: Nelson Almeida/AFP

    O Ministério Público Federal (MPF) cobrou das companhias aéreas que atuam no Brasil respostas detalhadas sobre como as empresas têm adotado medidas para remarcação e reembolso de passagens durante o período da pandemia do novo coronavírus. Segundo o órgão, o MPF tem recebido notícias de descumprimento do termo firmado com as companhias aéreas no último dia 20 sobre o tema, principalmente dificuldades de operacionalização da remarcação e negação de reembolso. O ofícios foram enviados para Latam, Gol, Azul e Passaredo com uma série de perguntas a serem respondidas num prazo de cinco dias. O principal objetivo é avaliar se as regras definidas em medida provisória editada pelo governo e termo assinado entre empresas e MPF estão sendo respeitadas. A MP define que os passageiros que decidirem adiar a sua viagem em razão da Covid-19 ficarão isentos da cobrança de multa contratual caso aceitem um crédito para a compra de novo bilhete, o que deve ser feito em 12 meses contados da data do voo contratado.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.