Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Brasília – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou ontem, sem restrições, a venda da marca Etti, da Parmalat Alimentos, para a Assolan, empresa do grupo Monte Cristalina. O negócio, formalizado em um contrato de compra e venda em janeiro deste ano, envolve a fábrica de atomatados da Parmalat localizada em Araçatuba (SP) e todas as linhas de produtos Etti, como os molhos prontos Salsaretti, catchup, condimentos, doces, geléias, legumes em conserva, extratos, polpas e purê de tomate.

A operação tinha parecer favorável da Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae) e da Secretaria de Direito Econômico (SDE). A Assolan atua, principalmente, nos setores de higiene pessoal e limpeza e a Parmalat, nos setores da alimentos e bebidas. Por isso, não há riscos de sobreposição e concentração da concorrência com a fusão.

A operação foi submetida ao Cade no dia 16 de fevereiro, cerca de 15 dias depois de ter sido homologada pelo juiz da 1.ª Vara de Falências de São Paulo, Alexandre Lazzarini, já que a Parmalat está em recuperação judicial.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]