i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Mídia e marketing

Campanha da ANJ reforça jornal ‘multiplataforma’

Jornais deixam de ser apenas veículos impressos e têm audiência crescente com sites e versões para tablets e smartphones

    • são paulo
    • Estadão Conteúdo
    • 20/08/2015 03:00

    Uma campanha publicitária que começará a ser veiculada nesta quinta-feira (20) em todo o Brasil vai reforçar a posição de que o jornal não é apenas um veículo de comunicação impresso.

    Com os sites e as versões para tablets e smartphones, os jornais conquistaram uma audiência muito maior. A campanha vai reforçar que nunca se leu tanto jornal no país.

    Criadas pelo publicitário Nizan Guanaes, da agência Africa, para a Associação Nacional de Jornais (ANJ), as peças publicitárias serão veiculadas nos principais jornais do país, incluindo a Gazeta do Povo. Posteriormente, a campanha será estendida aos sites das maiores publicações brasileiras.

    A campanha, segundo o diretor executivo da ANJ, Ricardo Pedreira, terá três fases. Os primeiros anúncios vão ressaltar a grande audiência dos veículos, usando métricas importantes sobre o acesso às publicações em sites e também em dispositivos móveis. “Nos últimos dois anos, houve um aumento de 400% na leitura dos jornais em plataformas móveis”, destaca.

    Em um segundo momento, a campanha vai enfatizar justamente o fato de que os hábitos do brasileiro em relação aos jornais estão em transformação. Hoje, lembra o diretor da ANJ, os leitores se revezam entre a leitura física e digital, buscando não o formato, mas a credibilidade do veículo escolhido.

    É por isso que o slogan da campanha será “Antes eu lia jornal todo dia, agora leio o dia todo”. Os jornais, segundo pesquisa do Ibope, são considerados a fonte mais confiável de informação por 58% dos brasileiros, maior índice entre as mídias incluídas no levantamento.

    Por fim, uma série de personalidades importantes para a economia e a cultura brasileira serão escolhidas para reforçar a importância da informação de qualidade veiculada pelos jornais. A ideia é mostrar que todo formador de opinião ou empresário de sucesso não chegou à posição atual sem estar bem informado pela leitura de um jornal de qualidade.

    Digital Premium

    A campanha está inserida em um contexto de reposicionamento definido no 10.º Congresso Brasileiro de Jornais, em 2014. Na ocasião, os veículos decidiram criar ferramentas para valorizar a audiência qualificada que atraem.

    Uma medida já implantada foi a criação do Digital Premium Jornais, plataforma que oferece semanalmente a oportunidade para que um único anunciante tenha visibilidade em sites de 65 jornais brasileiros.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.