Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) teve um pregão de queda nesta quarta-feira (7), com os investidores aproveitando a alta acumulada de 16% das últimas seis sessões para vender ações e realizar os lucros. Ao final do dia, o índice Ibovespa teve desvalorização de 3,53%, para 40.820 pontos.

Dólar interrompe sequência de baixas e avança 2,7%

"Essa queda já era esperada, depois de subir tanto, especialmente com novos números ruins da economia", disse Américo Reisner, operador da corretora Fator.

Segundo o economista da UM Investimentos, Hersz Ferman, o cenário externo negativo e a perda de valor das commodities também estimulam a investidor a colocar no bolso os ganhos do começo do ano.

Segundo Ferman, ainda é muito cedo para falar em melhora de cenário. O que acontece, na visão do especialista, é que os investidores estão percebendo que a situação não é tão ruim quanto a precificada no final de 2008. "Está limpando aquele cenário de catástrofe do final do ano."

Cenário americano

Nos EUA, os mercados operam em queda acentuada, pela combinação de indicadores econômicos negativos com notícias corporativas ruins. Por volta das 18h de Brasília, o índice Dow Jones apontava queda de 2,81%, aos 8.761 pontos. O S&P 500 recuava 3,10% e o indicador Nasdad perdia 3,51%.

A ADP, empresa que processa folhas de pagamento, apontou que o setor privado norte-americano perdeu 693 mil postos de trabalho em dezembro, resultado pior do que o esperado.

Os investidores também reagem ao anúncio da gigante do alumínio Alcoa, que na noite de terça-feira comunicou o corte de 13% de sua força de trabalho, ou cerca de 13,5 mil empregos, até o final do ano. A companhia também reduzirá sua produção.

Outros mercados

Na Europa, os mercados tiveram perdas com a perspectiva de redução dos ganhos das empresas. O FTSE-100, de Londres, fechou em baixa de 3,16%, aos 4.492 pontos. Em Paris, o CAC 40, encerrou com 3.346 pontos, em queda de 1,48%. O DAX, de Frankfurt, declinou 1,77%, para 4.937 pontos.

Já na Ásia, a quarta-feira foi de alta em Tóquio, onde o índice Nikkei-225 subiu 1,74%. Valorização também em Seul, onde o Kospi avançou 2,84%. Já na China, as bolsas de Xangai e Hong Kong caíram 0,68% e 3,37%, respectivamente.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]