i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Livre comércio

Comissário da UE prevê acordo com Mercosul em 2011

Gucht reconhece que ainda existem dificuldades consideráveis entre os dois blocos econômicos para se chegar a uma proposta definitiva

  • PorAgência Estado
  • 14/09/2010 14:24

A União Europeia está confiante que conseguirá fechar um acordo de livre comércio com o Mercosul até meados de 2011. "Esperamos fechar um acordo dentro de um prazo razoável, até meados do próximo ano", afirmou nesta tarde o Comissário para Comércio da UE, Karel de Gucht. As declarações do novo comissário foram dadas após encontros, em Brasília, com os ministros das Relações Exteriores, Celso Amorim, e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge.

Gucht reconhece que ainda existem dificuldades consideráveis entre os dois blocos econômicos para se chegar a uma proposta definitiva de livre comércio. Agricultura e propriedade intelectual são alguns dos temas que emperram as conversas entre os dois lados. Ainda assim, o comissário mostrou-se confiante na possibilidade das negociações caminharem, a partir de agora, para um desfecho mais concreto. "O clima geral mudou e o que vejo é uma abertura para as discussões", afirmou Gucht.

As negociações entre Mercosul e União Europeia ficaram suspensas por cinco anos e só foram retomadas em maio. Uma primeira rodada de negociações foi feita em julho e, entre os dias 11 e 15 de outubro, um novo encontro ocorrerá em Bruxelas. No entender de Gucht, os dois blocos têm condições de apresentar suas ofertas até o fim do ano. Com isso, os negociadores teriam a primeira metade de 2011 para aparar arestas e fazer o desenho final do acordo.

O fracasso das negociações da Rodada Doha, que sucumbiu em julho de 2008, é um dos elementos que sustentam o otimismo de Gucht em relação à possibilidade de União Europeia e Mercosul conseguirem fechar um acordo de livre comércio. Na avaliação do comissário, a importância dada à Doha em 2004 foi um dos fatores que contribuíram para que as negociações entre os dois blocos fossem suspensas naquele ano. Além disso, a situação econômica mundial também sofreu bruscas alterações ao longo do período, o que contribui para que um acordo seja fechado agora.

Além da rápida visita aos ministros, Gucht terá ainda hoje um encontro com empresários em São Paulo. Depois o comissário segue para a Argentina. Entre dezembro e o início de 2011, o comissário pretende visitar o Paraguai e o Uruguai.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.