i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Estatal

Governo estuda “fatiar” setor postal e privatizar Correios em blocos regionais

  • Brasília
  • 29/10/2020 20:46
Governo estuda privatizar os Correios em blocos, com municípios rentáveis e não rentáveis, no modelo "filé com osso".
Governo estuda privatizar os Correios em blocos, com municípios rentáveis e não rentáveis, no modelo “filé com osso”.| Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O governo estuda privatizar os Correios em blocos. A ideia é dividir o país em regiões e licitar cada uma separadamente, juntando municípios mais atraentes, com operação potencialmente lucrativa, com outros não rentáveis.

O objetivo é manter a universalidade do serviço postal mesmo após a privatização e não deixar desassistidos municípios que seriam pouco atraentes à iniciativa privada caso fossem concedidos sozinhos. O modelo já é utilizado nas concessões de aeroportos e nas privatizações de saneamento que estão sendo feitas a partir da aprovação do novo marco legal.

O martelo sobre o modelo de privatização dos Correios só será batido no próximo ano. Mas uma fonte que acompanha as discussões informou à Gazeta do Povo que, caso o governo opte mesmo pela concessão dos serviços dos Correios à iniciativa privada, a única alternativa viável será esse modelo, conhecido informalmente como “filé com osso”.

Esse modelo só não será utilizado caso o governo resolva abrir o capital dos Correios e fazer uma oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) na Bolsa de Valores. O IPO não está descartado, apesar de ser uma possibilidade mais remota.

O modelo “filé com osso” tem se mostrado exitoso através do plano de universalização dos serviços de tratamento de água e esgoto por meio do novo marco legal do saneamento básico, em vigor desde julho. Esse plano dividiu o programa por regiões, oferecendo à iniciativa privada a concessão de municípios superavitários junto de deficitários. O modelo foi adotado porque é meta do novo marco a universalização dos serviços de saneamento, e nenhuma cidade poderia ficar sem atendimento.

A concessão de aeroportos também usa o modelo “filé com osso”. O governo tem licitados os terminais em bloco. Cada bloco tem um ou mais aeroportos chamados de “puxadores-de-bloco”, ou seja, aqueles rentáveis, e também terminais não rentáveis. A escolha dos aeroportos é feita de forma que cada bloco tenha saldo final positivo, com potencial de lucro para a iniciativa privada.

O governo entende que terá de fazer o mesmo com os Correios, já que a opção foi manter a universalidade da prestação do serviço postal no projeto de lei que será encaminhado ao Congresso.

“E que fique bem claro: quem recebe cartas, boletos, qualquer embalagem dos Correios, em qualquer lugar do país, a parte da universalização está mantida”, disse o ministro das Comunicações, Fábio Faria, em coletiva após entregar o texto para avaliação do Planalto.

Modelo de privatização dos Correios só será definido em 2021

A definição do modelo de privatização dos Correios acontecerá somente em 2021. O consórcio Postar, contratado pelo BNDES para subsidiar o governo na venda da estatal, entregará a primeira fase dos estudos em dezembro deste ano.

A fase 1 tem por objeto o diagnóstico do setor postal e o estudo de alternativas para sua modernização. No ano que vem, o consórcio dará início à fase 2, que engloba estudos de modelagem da alternativa escolhida para a modernização do setor postal.

O consórcio é formado pelas consultorias e escritórios Accenture, Meyer, Sendacz, Opice e Falcão Advogados. Os estudos que eles vão entregar servem para subsidiar as discussões, ou seja, não são definitivos. Inclusive, devem apresentar mais de uma solução para a privatização, com pontos positivos e negativos de todas. O martelo será batido pelo Executivo, em um comitê criado para acompanhar o processo de privatização da estatal.

Esse comitê é formado pelos Ministérios da Economia e Comunicações, pelo BNDES, pelos próprios Correios e pelo Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da Presidência da República, secretaria que gere os projetos de concessões e privatizações do Executivo.

Em paralelo aos estudos, tramitará no Congresso o projeto de lei que autoriza a privatização dos Correios. Esse projeto permitirá que a União conceda à iniciativa privada a prestação do serviço postal, que hoje é feita unicamente pelos Correios, por determinação legal.

Para isso, será criado um marco legal para o setor postal, com regras gerais da concessão, e definido que o setor será regulado pela Agência Nacional de Comunicações (Anacom), em substituição à atual Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A Anacom incorporará atribuições que estão hoje com a Anatel, como telecomunicações (telefonia, internet, tevê por assinatura). Atualmente, não há marco legal e nem agência que regule o serviço postal.

O projeto apenas prepara toda essa base legal para a privatização. O modelo de privatização será definido depois, pelo Executivo, a não ser que os parlamentares façam alterações nesse sentido. O Planalto deve enviar o projeto dos Correios ao Congresso agora em novembro. A expectativa é que ele seja aprovado nas duas Casas até o primeiro trimestre de 2021, para que dê tempo de fazer o leilão até o fim do ano.

17 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 17 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • N

    NIVEA

    ± 1 dias

    recebi dos correios, no final de setembro, contas vencidas no início de setembro. recebi dos correios, no final de outubro, contas vencidas no início de outubro. isso é eficiência? pior, receberam por esse serviço e não executaram no prazo contratado. empresa séria? competente? fora já.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    NIVEA

    ± 1 dias

    por favor, passem os correios para uma empresa eficiente, justa e competente.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Emerson

    ± 1 dias

    Depois de quase fatiar a saúde pública nesta semana, agora mais um setor que poderá serfatiado em breve. Espero que seja para melhorar a qualidade e não apenas sucatear mais um pouco do que já está.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    D'AMICO

    ± 1 dias

    EU NÃO SEI O QUE SIGNIFICA A PALAVRA "CORREIOS" - O QUE? - SERÁ O Quê? - SERVA PARA QUE ?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luigi Tenco

    ± 1 dias

    A argumentação contra a privatização da ECT é idêntica à que se fez na privatização da telefonia, quase 30 anos atrás! Mudou só o objeto da lenga-lenga dos dinossauros sindicalistas, mas o ranço estatista é o mesmo, as mentiras são as mesmas, e a MÁ FÉ e a mesma! Segundo as múmias vermelhas, a privatização das teles aumentaria o valor das tarifas, precarizaria os serviços etc. O que vemos é o oposto disso, é óbvio. A ECT vai ser privatizada, os serviços vão melhorar e as tarifas não aumentarão. Os únicos "prejudicados" serão os sindicalistas paleolíticos. O muro do sindicato dos carteiros em Curitiba tem uma gravura enorme do Che Guevara, homenagear um psicopata assassino diz muito deles.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcello Machado e Dias

    ± 1 dias

    Todos têm a ganhar com essa privatização, só os sindicalistas e alguns funcionários que virão com a velha conversa de que os Correios são "estratégicos"! (para eles próprios)

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Mirtão

    ± 1 dias

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    sansão

    ± 1 dias

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Marcello Machado e Dias

      ± 1 dias

      Ultimamente, tenho usado até mais outras transportadoras, que não os Correios, e acabo gastando menos e recebendo mais rápido as encomendas. O Mercado Livre, por exemplo, está com um serviço ótimo, compras que via Correios levavam até 7 dias, já recebi em 2 dias. Sobre fatiar a venda, parece interessante, pois deve-se arrecadar mais com a venda.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MGP

    ± 1 dias

    Comparar a regionalização dos serviços de tratamento de água e esgoto com os serviços postais é, no mínimo, estranho. A articulista não levou em consideração que a água e o esgoto de uma região não precisam ser transportados para outros locais! Quando houver atraso na entrega de encomendas ou cartas de uma região para outra a responsabilidade será de qual concessionária? Já diz o ditado: cachorro que tem dois donos morre de fome!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Francisco Krupa

    ± 1 dias

    Com certeza se for regionalizado vamos pagar várias tarifas de uma região para outra bem como o interior estará desassistido como acontece hoje na telefonia

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Ari Borgonovo

    ± 1 dias

    Porque privatizar os Correios se da lucro? Lembram o primeiro militar que o Bolsonaro indicou para os Correios ? Estava tudo baguncado e dando prejuizo. foi ele toma posse e umas providencias que acabou a sangria e começou a dar lucro, Ai foi mostrar ao presidente que ele ajustou as coisa esta com um bom lucro no trimestre. Conclusão foi demitido sumariamente. A O NOvo diretor começo fazer o jogo do BOSO Tranferia todos os meses os carteiros de lugar pra dificultar as entregas e passar uma imagem ruim ao povão pra forçar a privatização e ata nas tarifa postal , Veja oque aconteceu com as empresas privatizadas Pedágio , LUZ ,Agua Viram baixar os preços dos serviços? UMA VEGONHA

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marco Polo

    ± 1 dias

    Há algum tempo, o Exército, o Banco do Brasil e os Correios eram essenciais em vários locais distantes e de interesse estratégico para o País. Com a expansão dos postos de atendimentos dos Bancos privados país a fora, e com a internet, tanto o Banco do Brasil perdeu relevância quanto os Correios, visto que as mensagens via e-mails, whats app, e outros similares, além de serem imediatas, reduziu-lhes as custas. Restaram as entregas não digitalizadas que deverão ser realizadas por empresas específicas. Se faz, no entanto, ainda necessária a presença de nossas FFAA, e dada a investida comunista do momento, nada mais requerida que sua melhor proficiência.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sr. Walker

    ± 1 dias

    Regionalizar, essa ideia é ótima. Vão conseguir finalmente dividir o país em vários países pequenos. Uma carta ou encomenda saindo de uma região para outra levará meses para chegar ao destino. E terá que pagar diversas tarifas por onde for passando. Será o fim da empresa. E um retrocesso de pelo menos uns 500 anos._ Só mesmo aqui na bananolândia uma coisa dessas é possível.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rafael França de Souza

    ± 1 dias

    Mais importante do que vender os correios, é preciso que se desregulamente o setor para que haja concorrência.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Ricardo Bellodi

    ± 1 dias

    Não sei se está sobrando boa vontade da autora da matéria, mas fórmula filé com osso proposta no marco do saneamento não foi testada ainda. Os cases anteriores - como da telefonia - não deram certo, pois a conta no final sempre fica com a viúva. No último caso a situação é mais grave. Na concessão da Rede o patrimônio foi inteiramente dilapidado e sabe-se-lá se um dia será recompensada (a União), pois já está na mão do terceiro concessionário. Os Correios são vitais para o país. Enquanto não decidem o que fazer, podiam pelo menos gerenciar melhor e menos discurso. Mais gestão e menos discurso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]