Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

As exportações de petróleo e alimentos pelos Estados Unidos ajudaram a estreitar o déficit em conta corrente no fim de 2010. Segundo informou hoje o Departamento do Comércio, o déficit em conta corrente no país caiu para US$ 113,3 bilhões no quarto trimestre de 2010, ante US$ 125,5 bilhões no terceiro trimestre. O déficit do quarto trimestre correspondeu a 3% do Produto Interno Bruto (PIB), abaixo dos 3,4% do PIB do terceiro trimestre. A previsão dos economistas era de que o déficit do quarto trimestre cairia para US$ 110 bilhões.

A conta corrente do balanço de pagamentos é uma medida ampla das relações do país com o exterior. O resultado inclui o saldo da balança comercial e da balança de serviços, entre outros. O déficit em conta do terceiro trimestre foi revisado em baixa: o total informado anteriormente foi de US$ 127,2 bilhões. Em todo o ano de 2010, o déficit subiu para US$ 470,2 bilhões, ante US$ 378,4 bilhões em 2009. Foi a primeira elevação anual do déficit desde 2006.

A maior parte do desequilíbrio em conta corrente provém do comércio de bens de serviços. No quarto trimestre, o déficit comercial caiu para US$ 116,7 bilhões, de US$ 132,6 bilhões no terceiro trimestre. As importações subiram para US$ 498,5 bilhões no quarto trimestre e as exportações avançaram para US$ 342,3 bilhões no mesmo período.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]