i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Setor automotivo

Demissões em montadoras podem respingar em concessionárias, diz Fenabrave

Nesta terça-feira, a Volkswagen anunciou a demissão de 800 funcionários em sua fábrica de São Bernardo do Campo

  • PorEstadão Conteúdo
  • 06/01/2015 12:55

As demissões nas montadoras de veículos brasileiras poderão impactar nos empregos nas concessionárias, reconheceu o novo presidente da Federação Nacional da Distribuidores de Veículos Automotores (Fenabrave), Alarico Assumpção Júnior, nesta terça-feira (06).

"Claro que essas demissões nas montadoras pioram o cenário para as concessionárias. Se você produz menos, você vende menos", afirmou, ponderando que o impacto vai depender de cada grupo empresarial.

O dirigente disse, contudo, que a piora não deve ser grande, pois o setor já vem se "adequando" ao novo cenário econômico nos últimos dois anos.

Questionado, ele não soube precisar quantos empregos foram cortados nas redes nesse período, informando apenas que o setor tem atualmente 409 mil trabalhadores nas redes de distribuição.

Assumpção fez questão de considerar ainda que, apesar do cenário ruim, o número de concessionárias aumentou no ano passado para 8 mil, ante aproximadamente 7,6 mil no ano anterior. Para 2015, ele afirmou que sua "opinião pessoal" é de que esse número não deve cair.

Demissão em massa

Nesta terça-feira (06), a Volkswagen confirmou a demissão de 800 funcionários na fábrica de São Bernardo do Campo, em São Paulo. Com a decisão, trabalhadores resolveram entrar em greve por tempo indeterminado.

Fontes ouvidas afirmam que outras fábricas também devem anunciar demissões neste início de ano.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.