Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

As 81 agências do Itaú/Unibanco de Curitiba reabriram nesta terça-feira (5) por causa de interdito proibitório - ação que tenta impedir ameaça à propriedade - conseguido pelo banco na Justiça. O sindicato foi comunicado sobre a determinação judicial no fim da tarde de segunda-feira (4) e todas as agências da capital paranaense funcionam normalmente nesta terça-feira.

O Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região informou que irá recorrer da decisão. A assessoria de imprensa do sindicato disse que ainda não tinha tido acesso ao conteúdo da determinação judicial, por volta das 13h30 desta terça-feira.

Por conta do funcionamento do Itaú, o número de agências fechadas em Curitiba caiu de 280 (na segunda-feira) para 239. Em todo o Paraná, 514 agências estão fechadas. Com relação ao número de bancários em greve, o número caiu de 15 mil para 10 mil na capital paranaense. Aproximadamente 14 mil colaboradores dos bancos estavam paralisados em todo o estado nesta terça-feira, de acordo com o sindicato.

Outros interditos proibitórios

O Bradesco havia conseguido reabrir 27 agências da capital que não funcionavam por causa da greve, em 30 de setembro, por meio de um interdito proibitório. O banco alegou que "os bancários estavam tendo atitudes de vandalismo". O sindicato entrou com mandado de segurança na Justiça e, em 1º de outubro, as agências do Bradesco em Curitiba voltaram a fechar. O Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região entendeu que liminar que obrigava as agências a funcionarem feria o direito de greve dos bancários.

O HSBC também obteve na Justiça o direito de reabrir suas agências na capital em 1º de outubro. Desde então, as agências do banco estão funcionando e o sindicato tenta reverter a situação judicialmente.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]