i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Mercados

Dólar começa o dia em queda; bolsas européias em alta

  • PorO Globo Online
  • 06/11/2007 08:08

O dólar comercial opera em baixa nesta terça-feira. Às 10h27m, a moeda era negociada a R$ 1,736, com queda de 0,71%. No dia anterior, diante da saída de investidores estrangeiros da bolsa de valores, a moeda encerrou o dia com ganho de 0,11%, a R$ 1,750.

A tendência é de um dia positivo para a Bolsa de Valores de São Paulo, diante da alta dos mercados europeus e asiáticos. Nos Estados Unidos, a perspectiva também é de ganhos após um dia de perdas.

O movimento positivo na Europa é puxado pelas ações das mineradoras, mas tem um contrapeso de índices decepcionantes e resultados da BMW abaixo do esperado.

Em Londres, o índice FTSE subia 0,47%. O alemão DAX avançava 0,63%, e o francês CAC-40 crescia 0,38%.

Em Hong Kong, o mercado deu sinais de recuperação após a baixa de 5% de ontem. O indicador Hang Seng subiu 1,71%, aos 29438,13 pontos.

Na bolsa de Tóquio, contudo, o Nikkei 225 fechou com declínio de 0,12%, aos 16249,63 pontos.

Os agentes levaram em conta a notícia de que o maior banco dos Estados Unidos, Citibank, pode dar baixa de US$ 8 bilhões a US$ 11 bilhões em ativos que sofreram desvalorização em função de créditos imobiliários de alto risco (subprime).

Em Xangai, o Shanghai Composite Index terminou aos 5536,56 pontos, com decréscimo de 1,74%, menos expressivo do que o verificado na jornada anterior. Já o Kospi, de Seul, deixou para trás a perda da última sessão e viu avanço de 1,91%, aos 2054,24 pontos, ante o interesse pelos papéis de empresas de tecnologia, como Samsung Electronics e LG Philips LCD.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.