i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Europa

Eurostat confirma que PIB da eurozona caiu 0,2% no 2º trimestre

A confirmada queda da atividade deixa a Europa às portas de uma nova recessão, depois que o crescimento foi nulo nos três primeiros meses do ano

  • PorEFE
  • 06/09/2012 05:37

A economia dos países do euro se contraiu 0,2% no segundo trimestre do ano, segundo confirmam os dados revisados publicados nesta quinta-feira pelo Eurostat, que assinalam uma queda de 0,1% do Produto Interno Bruto (PIB) dos 27 países do bloco.

Em sua primeira estimativa, publicada no dia 14 de agosto, o escritório estatístico comunitário havia previsto uma contração do PIB de 0,2% tanto nos países da moeda única como no conjunto da União Europeia (UE).

A confirmada queda da atividade deixa a Europa às portas de uma nova recessão, depois que o crescimento foi nulo nos três primeiros meses do ano tanto na UE como na eurozona.

Em termos anualizados, o PIB caiu no segundo trimestre 0,5% na zona do euro e 0,3% entre os 27 da UE.

Nos países mais golpeados pela crise, a economia segue em contração e o PIB caiu no segundo trimestre 0,4% na Espanha, 0,7% na Itália e 1,2% em Portugal.

A Grécia, para quem não há dados de variação trimestral, registrou uma queda de 6,2% em relação ao mesmo período do ano anterior, a maior de toda Europa.

Por sua parte, a Alemanha segue aguentando o tranco e registrou um crescimento de 0,3% em relação ao primeiro trimestre, enquanto a França encadeou seu terceiro trimestre consecutivo de estagnação.

Fora do euro, o Reino Unido confirmou sua recessão, com uma queda do PIB de 0,5% no segundo trimestre, após ter registrado dados negativos também nos dois períodos anteriores.

Os melhores dados de toda a UE são os de Suécia (1,4%), Letônia (1%) e Eslováquia (0,7%).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.