i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Índices Econômicos

FGV: confiança do consumidor cai a 4,2% em setembro

Em relação à setembro do ano passado o ICC subiu 3,4%. Esse é o primeiro resultado positivo, nessa base de comparação, após três taxas negativas seguidas

  • PorAgência Estado
  • 23/09/2008 06:38

O consumidor brasileiro continuou com humor positivo em setembro embora não tão confiante quanto no mês passado. É o que revelou o Índice de Confiança do Consumidor (ICC), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que subiu 4,2% esse mês, após registrar alta mais intensa, de 6,2%, em agosto. Em relação a setembro do ano passado o ICC subiu 3,4%, sendo que esse é o primeiro resultado positivo, nessa base de comparação, após três taxas negativas seguidas.

Com o resultado, o desempenho do indicador, que é calculado com base em uma escala de pontuação entre 0 e 200 pontos (sendo que, quando mais próximo de 200, maior o nível de confiança do consumidor), passou de 108,2 pontos em agosto para 112,7 pontos em setembro.

O índice é composto por cinco quesitos da Sondagem das Expectativas do Consumidor, apurada desde outubro de 2002 (com periodicidade trimestral, até julho de 2004, quando passou a ser mensal). Na avaliação da fundação, na passagem "entre agosto e setembro, tanto as avaliações sobre a situação atual quanto as expectativas em relação aos próximos meses tornaram-se mais favoráveis".

O ICC é dividido em dois indicadores: o Índice de Situação Atual (ISA), que subiu 7,9% em setembro, em comparação com o avanço de 9,3% em agosto, e o Índice de Expectativas (IE), que apurou taxa positiva de 2,1% em setembro, ante aumento 4,6% em agosto. No caso do ISA, em termos de pontuação, o índice atingiu 119,3 pontos em setembro. Já o IE registrou 109,2 pontos este mês.

Ainda segundo a fundação, na comparação com setembro do ano passado, os dois índices componentes do ICC apresentaram alta de 13,8% para o indicador de situação atual; e queda de 1,9% para o de expectativas.

O levantamento abrange amostra de mais de 2 mil domicílios, em sete capitais, sendo que as entrevistas foram realizadas entre os dias 1º e 19 de setembro.

Economia

A avaliação positiva do consumidor em relação à economia de sua respectiva cidade contribuiu para a taxa positiva de 4,2% no ICC de setembro, segundo a FGV. De acordo com a instituição, entre agosto e setembro, a participação dos entrevistados que avaliam a situação econômica local como boa subiu de 13,8% para 16,9% do total. Por sua vez, a proporção dos que a avaliam como ruim diminuiu de 40,6% para 34,2%

Ao detalhar as respostas do consumidor quanto ao futuro, a FGV informou ainda que também houve melhora nas expectativas para os próximos seis meses. A parcela dos que esperam melhora da situação econômica local aumentou de 26,6% para 31,3%, de agosto para setembro. No mesmo período, a participação dos que esperam piora caiu de 13,8% para 13,1%.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.