i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Estatal

Furnas terá novo presidente a partir de 3 de outubro

  • PorAgência Estado
  • 25/09/2008 16:35

A estatal Furnas Centrais Elétricas terá novo presidente a partir da sexta-feira da semana que vem (dia 3 de outubro). A substituição de Luiz Paulo Conde pelo engenheiro Carlos Nadalutti Filho, que já faz parte do quadro técnico da empresa há cerca de 30 anos e comanda uma superintendência, foi acertada com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. A troca de comando também tem o aval da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, e o apoio do PMDB do Rio de Janeiro, que indicou Conde para o posto e lutou para que ele assumisse a presidência de Furnas.

A empresa convocará assembléia para eleger o novo integrante do Conselho de Administração. A iniciativa de deixar o cargo partiu do próprio Conde, que está com problemas de saúde e alega que precisa de mais tempo para se cuidar. Ele apresentou carta ao ministro, pedindo afastamento, na segunda-feira (dia 22). Lobão respondeu com elogios a sua atuação e competência e com a sugestão de que permanecesse como membro do conselho, ainda que fora da presidência. A troca de comando já havia sido negociada com o PMDB, para evitar atrito político com o maior aliado do governo no Congresso.

Furnas garante o fornecimento de energia em uma região onde estão situados 51% dos domicílios brasileiros e que responde por 65% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. De toda energia consumida no Brasil, mais de 40% passam pelo Sistema Furnas, que reúne 11 hidrelétricas e duas termelétricas. A empresa é responsável por 97% do suprimento de energia elétrica no Distrito Federal; 92% no Rio de Janeiro; 91% em Mato Grosso; 81% no Espírito Santo; 61% em Goiás; 58% em São Paulo; 45% em Minas Gerais e 16% no Tocantins.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.