Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Gasolina mais barata
Combustíveis estão entre os itens que mais pressionaram a inflação.| Foto: Atila Alberti/Tribuna do Paraná

Levantamento divulgado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) nesta sexta-feira (1) indica gasolina mais barata nos postos pesquisados país afora. O preço do litro da gasolina comum caiu em média R$ 0,26 na comparação com os valores de comercialização da semana passada. A queda no custo do combustível é de 3,5%, com preço médio deixando o patamar de R$ 7,390 para R$ 7,127.

A redução foi puxada por medidas que passaram a vigorar nos últimos dias justamente com o objetivo de conter a escalada no preço e a pressão inflacionária. Por lei, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, o ICMS incidente sobre combustíveis foi reduzido a 17% e os impostos federais sobre gasolina e etanol permanecerão zerados até 31 de dezembro.

Apesar de nem todos os estados terem colocado a desoneração do ICMS em prática (alguns questionam a nova norma na Justiça), o combustível vendido aos postos pelas distribuidoras já tem preço menor em decorrência da renúncia temporária nos tributos federais e fez com que o valor nas bombas caísse de modo generalizado, ainda que com variações maiores ou menores.

A exceção é Maceió que teve alta no preço, com variação para mais de 0,73%; Manaus teve cenário de estabilidade, com 0,1% de queda.

Dentre as capitais, atualmente a gasolina mais barata do país pode ser encontrada em Macapá, onde o preço médio recuou para R$ 6,161 nesta semana, uma redução de 5,7%. Já a maior variação de preços na comparação entre a semana atual e a anterior foi observada em Curitiba, onde a gasolina ficou 12% mais barata segundo os dados da ANP. O litro do combustível na capital paranaense baixou quase um real, e foi encontrado por R$ 6,626 na média dos 47 postos pesquisados.

Já a capital com a gasolina mais cara do Brasil segundo o levantamento da ANP é Salvador, onde o preço recuou pouco desde a semana passada (0,35%). O valor médio saiu de R$ 7,948 no período encerrado em 25 de junho para R$ 7,920 nesta semana.

Confira abaixo como ficou a variação nos preços médios da gasolina em todas as capitais, por região:

Sul

  • Curitiba: queda de 12%; preço médio recuou de R$ 7,542 para R$ 6,626
  • Porto Alegre: queda de 2,1%; preço médio recuou de R$ 7,000 para R$ 6,853
  • Florianópolis: queda de 6,6%; preço médio recuou de R$ 7,368 para R$ 6,875

Sudeste

  • Vitória: queda de 2,8%; preço médio recuou de R$ 7,501 para R$ 7,284
  • Belo Horizonte: queda de 4,1%; preço médio recuou de R$ 7,528 para R$ 7,214
  • Rio de Janeiro: queda de 1,7%; preço médio recuou de R$ 7,685 para R$ 7,547
  • São Paulo: queda de 4,6%; preço médio recuou de R$ 7,043 para R$ 6,719

Centro-Oeste

  • Brasília: queda de 5,4%; preço médio recuou de R$ 7,627 para R$ 7,210
  • Goiânia: queda de 5%; preço médio recuou de R$ 7,378 para R$ 7,004
  • Cuiabá: queda de 3,2%; preço médio recuou de R$ 6,958 para R$ 6,735
  • Campo Grande: queda de 5,6%; preço médio recuou de R$ 7,002 para R$ 6,607

Nordeste

  • Maceió: alta de 0,73% ; preço médio foi de R$ 7,320 para R$ 7,374
  • Salvador: queda de 0,35%; preço médio recuou de R$ 7,948 para R$ 7,920
  • Fortaleza: queda de 3,3%; preço médio recuou de R$ 7,839 para R$ 7,578
  • São Luís: queda de 3,3%; preço médio recuou de R$ 7,170 para R$ 6,931
  • João Pessoa: queda de 0,76%; preço médio recuou de R$ 7,201 para R$ 7,146
  • Recife: queda de 3,7%; preço médio recuou de R$ 7,488 para R$ 7,209
  • Teresina: queda de 3,5%; preço médio recuou de R$ 7,952 para R$ 7,669
  • Natal: queda de 5,7%; preço médio recuou de R$ 7,966 para R$ 7,507
  • Aracaju: queda de 3,6%; preço médio recuou de R$ 7,406 para R$ 7,136

Norte

  • Rio Branco: queda de 0,7%; preço médio recuou de R$ 7,707 para R$ 7,653
  • Macapá: queda de 5,7%; preço médio recuou de R$ 6,535 para R$ 6,161
  • Manaus: estável, com leve queda de 0,1%; preço foi de R$ 7,370 para R$ 7,362
  • Belém: queda de 2,2%; preço médio recuou de R$ 7,247 para R$ 7,082
  • Porto Velho: queda de 6,2%; preço médio recuou de R$ 7,630 para R$ 7,152
  • Boa Vista: queda de 3,4%; preço médio recuou de R$ 7,222 para R$ 6,975
  • Palmas: queda de 4,9%; preço médio recuou de R$ 7,615 para R$ 7,239

Os dados divulgados pela ANP no início da noite desta sexta-feira indicam também leve queda no preço do diesel, 0,2% mais barato na média nacional, e recuo de 3% no preço do etanol.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]