i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Tecnologia

Google anuncia entrada no setor de celulares

  • PorJoão Paulo Pimentel com agências
  • 06/11/2007 19:07

O Google finalmente confirmou que irá se lançar no mercado bilionário da telefonia celular. Ao contrário do que se imaginava, entretanto, a empresa não fabricará aparelhos com marca própria. O plano do gigante das buscas on-line é vender uma plataforma de tecnologia para telefones. Ontem, quando foi apresentada pelo executivo-chefe do Google, Eric Schmidt, a estratégia já contava com o apoio de 34 companhias, incluindo grandes operadoras e fabricantes.

De acordo com Schmidt, o objetivo da empresa é estender ainda mais o acesso à internet. "O grande problema é que hoje os celulares não têm bons navegadores", disse o executivo. O diretor de serviços móveis, Andy Rubin, completou a informação ao afirmar que mais web no celular poderá significar mais faturamento do Google com publicidade: "Ainda não vemos anúncios feitos sob medida para telefones".

Batizado de Android, o sistema do Google deverá competir diretamente com o Windows Mobile, da Microsoft, e também com programas de empresas especializadas em softwares para equipamentos móveis, como a canadense RIM (que equipa os aparelhos BlackBerry), a britânica Symbian (grande parceira da Nokia) e a norte-americana Palm (cuja marca virou sinônimo de computadores de mão há quase uma década).

Os celulares equipados com o sistema do Google deverão começar a surgir somente na segunda metade de 2008. Entre as companhias parceiras no projeto, estão gigantes como Motorola, HTC, Samsung, LG, Telefônica e Telecom Itália. "Este é apenas o primeiro sinal de uma nova batalha pela conquista de uma nova fronteira da internet, a web móvel", afirma o analista de tecnologia da consultoria Jupiter Research.

O anúncio feito ontem confirmou o domínio da empresa sediada em Mountain View, na Califórnia, – e fundada há apenas nove anos – em tudo o que diz respeito à tecnologia da informação e internet. Na semana passada, o Google tornou-se a quinta maior empresa dos Estados Unidos, com valor de mercado estimado em US$ 225 bilhões, atrás apenas de ExxonMobil, General Electric, Microsoft e AT&T.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.