Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Google coloca bilhões em energia limpa e novos datacenters na Europa
| Foto: David Paul Morris / Bloomberg

O Google irá investir US$ 3,3 bilhões nos próximos dois anos para expandir sua rede de datacenters pela Europa.

O valor eleva para quase US$ 17 bilhões o total já investido em infraestruturas de “backup” no continente desde 2007, segundo o CEO da companhia, Sundar Pichai, que conversou com jornalistas nesta sexta-feira em Helsinque, após se reunir com o primeiro-ministro finlandês Antti Rinne.

A empresa americana também está investindo US$ 1,1 bilhão em fontes de energia renovável na Bélgica, Dinamarca e Suécia. Entre os projetos, a expansão de seu datacenter na Finlândia, que demandará US$ 660 milhões, e a construção de duas usinas eólicas no país nórdico.

O grupo Alphabet – dono do Google e suas empresas vinculadas – já havia anunciado na véspera uma série de negócios que representam a maior compra de energia solar e eólica já realizada por uma única empresa, num esforço para combater o aquecimento global.  A companhia californiana garantiu que 100% da energia que consumiu nos últimos dois anos veio de fontes renováveis.

O investimento do Google no complexo de datacenters na cidade finlandesa de Hamina, na costa sul do país, chegará a US$ 2,2 bilhões. A empresa já instalou outros servidores na Dinamarca, Holanda, Irlanda e Bélgica para atender ao acelerado aumento da demanda para armazenamento de arquivos e mídias.

As grandes companhias tecnológicas, no entanto, nem sempre cumprem seus grandes anúncios de investimentos. Mais cedo, neste ano, a Apple desistiu dos planos de construir um segundo datacenter na Dinamarca e cancelou um projeto similar na Irlanda.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]