i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Estatal

Governo vai propor marco legal do setor postal para poder privatizar os Correios

  • Brasília
  • 31/07/2020 10:24
Agência dos Correios.
Agência dos Correios.| Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O governo vai enviar ao Congresso Nacional um projeto de lei propondo a criação de um marco legal ao setor postal. O objetivo é que a nova regulação desobrigue a União de manter a prestação, via Correios, do serviço postal no país. As informações foram divulgadas pela secretária especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Martha Seillier, em live do Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP) promovida no último fim de semana.

Será o primeiro passo para que o governo possa privatizar os Correios até 2022. “A gente acredita na possibilidade de abertura desse mercado para investimentos privados, para a concorrência. Mas isso passa por um marco legal, necessariamente", explicou Martha. O PPI é a secretaria especial do Ministério da Economia responsável por coordenar, ao lado da Secretaria Especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados, os processos de privatização.

A proposição de um marco legal é necessária porque o setor não possui um marco regulatório, como ocorre com o setor elétrico, por exemplo. O serviço postal está previsto no artigo 21 da Constituição e nas leis n.º 6.538, de 1978, e n.º 12.490, de 2011. A Carta Magna diz que compete à União manter a prestação do serviço postal, e as leis regulam como essa prestação do serviço postal será feita. Atualmente, ela é realizada por meio de empresa pública vinculada ao Ministério das Comunicações – no caso, os Correios.

O marco regulatório que o governo vai propor ao Congresso vai tirar da União e dos Correios o monopólio sobre o setor postal. Martha Seillier explicou na live do IDP que a legislação vai permitir que a União permita, via concessão pública, a prestação do serviço postal por parceiros privados, desde que respeitadas normas de universalidade e outras regras.

A secretária também disse que não será preciso fazer o marco legal via Proposta de Emenda à Constituição (PEC), como defendem alguns especialistas. Bastaria um projeto de lei, que tem aprovação mais simples. “Sou a fazer da interpretação de que 'cabe à União manter' [que está escrito no artigo 21 da Constituição] não significa que a União está obrigada a prestar o serviço por um braço estatal. Significa que o serviço postal tem que ter universalidade, atender todas as regiões do país", explicou a secretária.

Martha não informou quando o projeto será enviado ao Congresso. Ela disse que o assunto será debatido também com Fábio Faria (PSD-RN), o novo ministro das Comunicações. A pasta herdou do antigo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações as estatais EBC (conglomerado de mídia), Telebras (telecomunicações) e Correios.

A secretária também não disse se o governo vai fazer a fiscalização do setor postal por meio de uma agência reguladora a ser criada ou pelo próprio Ministério das Comunicações.

Primeiro passo para privatização

Tirar da União o monopólio sobre o setor postal é um dos principais entraves à privatização dos Correios. Só depois de aprovado esse projeto pelo Congresso é que o governo poderá fazer a venda da estatal, já que a legislação atual diz que é função da União, através dos Correios, prestar o serviço postal.

A equipe econômica até cogitou “fatiar” os Correios e privatizar somente a parte de encomendas, o serviço de malote e o Banco Postal. Porém, a avaliação é que os Correios não se sustentariam somente com o serviço postal.

A previsão do PPI é privatizar os Correios no quarto trimestre de 2021. A venda da estatal foi solicitada como prioridade pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) à equipe econômica e ao ministro Fábio Faria.

A empresa já está dentro do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) para estudos e avaliações sobre uma possível privatização. Os estudos serão feitos por consultorias especializadas que serão contratadas pelo BNDES. A expectativa é que o nome dessas consultorias saia até o início da próxima semana.

11 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 11 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • L

    LEANDRO OGAVA DE PAULA SOUZA

    ± 1 minutos

    Vendam esta estatal INEFICIENTE O QUANTO ANTES.... CANSEI DE TER ENCOMENDAS INTERNACIONAIS ROUBADAS!!!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nigro

    ± 23 horas

    Passou da hora, sofremos diariamente com a incompetência dessa empresa, que faz mal seu serviço e sangra os cofres da nação.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JJP

    ± 1 dias

    pode fechar, quem vai querer comprar essa mierda, com benefícios absurdo para o s empregados? empresa incompetente, atrasada, não vive 6 meses se tiver concorrente. FECHA LOGO ESSA MIERDA!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    DANIEL MENDES DA SILVA CANDIDO

    ± 1 dias

    Já poderia ser no ano que vem. Chega de ser trouxa. Encomendas que passam semanas mofando em Curitiba; e no Rio, não entregam em casa e algumas agências não funcionam nos fins de semana; aí é necessário perder um dia de trabalho para buscar o objeto. Chega disso!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Denis

    ± 2 dias

    Excelente notícia! Grande dia.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    PEDRO REGGIANI ANZUATEGUI

    ± 2 dias

    Vamos deixar para o Governo apenas o que o privado nao faz bem. Cartas e encomendas para politicos? Melhor não.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jose

    ± 2 dias

    Que maravilha!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • B

    Bernardo Coelho

    ± 2 dias

    Até que enfim

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luigi Tenco

    ± 2 dias

    3... 2... 1.... Que comece a choradeira da esquerdalha que vai perder as sinecuras!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • L

      Luigi Tenco

      ± 2 dias

      Jêniodarassa!: Estúpido canallha.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • J

      Jêniodarassa!

      ± 2 dias

      Vender pra FEDEX. Aí o dinheiro do caixa2 circula no exterior, sem deixar rastros no Brasil, igual aconteceu com a Odebrecht.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.