A mistura de mau desempenho do setor elétrico com realização de lucros em ações ligadas a commmodities levou o principal índice da bolsa paulista à sétima queda em oito pregões, na contramão de Wall Street.

Com baixa de 0,64 por cento, o Ibovespa fechou em 48.872 pontos, o menor nível em nove semanas. A sessão teve um movimento financeiro de 4,8 bilhões de reais.

De acordo com profissionais do mercado, depois de o Ibovespa ter chegado a acumular alta superior a 40 por cento no ano, os investidores --especialmente estrangeiros-- estão preferindo buscar oportunidades de ganhos em outros mercados, desfazendo-se de parte das posições na bolsa brasileira.

"Está claro que é uma realização de lucro", disse André Hanna Farath, analista da corretora Interfloat.

Nesse contexto, as notícias positivas do exterior que levaram os principais índices de Wall Street para cima ficaram em segundo plano.

O Dow Jones subiu 0,33 por cento, refletindo o ânimo com o lucro acima do esperado do Goldman Sachs no segundo trimestre.

Por aqui, o que ganhou o foco do mercado foram comentários de que novas regras contábeis devem ter impacto negativo sobre o patrimônio de concessionárias de energia elétrica. Resultado: as ações do setor despencaram, levando o índice setorial a recuar 2 por cento.

Em destaque, Cesp desabou 5,4 por cento, para 18,85 reais. Light perdeu 3,6 por cento, a 24,14 reais. Eletropaulo encolheu 3,3 por cento, valendo 32,91 reais.

Outro destaque negativo veio da Oi, em meio a comentários de que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deve vender em leilão cerca de 15 por cento das ações ordinárias que detém na Telemar Participações.

Esse papel caiu 1,85 por cento, a 32,39 reais. A ação preferencial da companhia recuou 3,8 por cento, a 26,99 reais.

Destaques positivos

Na ponta de cima do índice apareceram as companhias aéreas, que tiveram a recomendação para seus ADRs elevada para "compra" pelo Merrill Lynch em relatório.

TAM avançou 6,5 por cento, a 22,15 reais, enquanto Gol subiu 5,6 por cento, para 12,50 reais.

Redecard ganhou 2,7 por cento, a 28,60 reais. Em relatório, a Bradesco Corretora considerou que o projeto parlamentar que prevê uma nova regulamentação para o setor de cartões de crédito não deve engessar a atuação das companhias dessa indústria.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]