Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A inflação apurada pelo Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) perdeu força neste mês, com desaceleração de todos os grupos.

A alta do indicador foi de 0,84 por cento em março, após alta de 1,03 por cento em fevereiro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta quarta-feira.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) avançou 0,99 por cento neste mês, ante 1,16 por cento no anterior.

O IPA agrícola desacelerou levemente a alta para 2,31 por cento, contra 2,42 por cento. O avanço do IPA agrícola arrefeceu para 0,51 ante 0,70 por cento.

As principais quedas individuais de preços no atacado foram de soja em grão, suínos, farelo de soja, bobinas a quente de aço ao carbono e arroz em casca.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,59 por cento em março, contra 0,92 por cento em fevereiro.

Os custos de Transportes desaceleraram a alta para 1,10 por cento ante 2,45 por cento, enquanto os de Despesas diversas tiveram aumento de 0,98 por cento, abaixo da variação positiva de 1,43 por cento em fevereiro.

Os maiores recuos de preços no varejo foram de alcatra, contrafilé, filé-mignon, açúcar refinado e picanha.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) teve elevação de 0,33 por cento em março, frente a 0,42 por cento em fevereiro.

No ano, o IGP-10 acumula alta de 2,38 por cento e em 12 meses, de 11,14 por cento.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]